metropoles.com

Exclusivo: chega ao fim o namoro de Sérgio Cabral

O ex-governador estava vivendo uma relação com Carul Passos há dois meses; em conversa exclusiva com a coluna, ela deu detalhes do término

atualizado

Compartilhar notícia

Reprodução
Carul Passos e Sérgio Cabral
1 de 1 Carul Passos e Sérgio Cabral - Foto: Reprodução

Há um mês, esta coluna contou com exclusividade que o ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, estava namorando com Carul Passos. Agora, esta colunista descobriu que, depois de dois meses e meio, o relacionamento chegou ao fim.

Carul Passos falou, com exclusividade, com esta colunista e revelou que o término aconteceu em comum acordo entre o, agora, ex-casal. “Eu namorei o Sérgio por 70 dias… a relação se ajustou mais para uma amizade do que para uma relação amorosa e, na semana passada, de comum acordo, terminamos”, explicou.

0

A moça, que era casada e se separou no início deste ano, rasgou elogios ao político. “Depois de um término ruim, eu estava precisando de uma pessoa exatamente com a personalidade do Sérgio, carinhoso, gentil, atencioso, alegre, um cara pra cima, divertidíssimo, que te faz rir e sorrir, um cara sensível e romântico, que adora ler, ama música, um homem educado, culto, inteligente, super intelectual, charmoso e que, de quebra, tem uma voz extremamente sexy, é bem humorado e que adora dançar! Então encontrei na minha interação com ele todo apoio, todo colo e todo o carinho que eu precisava naquele momento, e foi ótimo”, declarou.

Ainda em conversa com esta coluna, Carul falou sobre as consequências de namorar o ex-governador do Rio, que foi preso na Operação Lava Jato em novembro de 2016. Ao todo, foram seis anos de prisão em regime fechado e três meses em prisão domiciliar. Ele voltou a circular pelas ruas, recentemente, com medidas cautelares.

“Eu paguei um preço por me envolver com ‘o Sérgio Cabral’, tive minha privacidade invadida, o que eu já esperava mas quando acontece é muito diferente porque é desleal e não há nada o que você possa fazer”, disse ela.

E completou: “Fui chamada de piranha, laranja, tentaram invadir meu Instagram, meu e-mail, sofri ameaças, chantagens… perdi amizades e oportunidades de trabalho porque deram uma nota em um jornal de grande circulação dizendo que eu era uma má pagadora, quando na verdade meu CPF está com um problema devido a uma abertura de conta que desconheço durante o período da pandemia”.

Tentando voltar a ter uma “vida normal”, Sérgio Cabral tem tido o apoio da família e dos amigos. Apesar do namoro ter chegado ao fim, Carul afirmou que se orgulha de, também, ter ajudado nessa caminhada. “Tudo o que eu vi e ouvi nesses 70 dias de relacionamento foram interações familiares, de amizade e trabalho cheias de respeito e carinho, a maioria dessas interações carregadas de muita emoção e lágrimas”, falou.

Apesar dos elogios ao ex, Carul Passos contou que não tem falado com Sérgio Cabral desde o término na semana passada. Ele, inclusive, esteve em um casamento neste sábado (20/5), sem a presença dela, o que, claro, gerou burburinhos.

“Eu não tenho falado com ele, mas sei que está na fase de curtir o momento, a família e os amigos! Como ele diz, eu sou suspeita de falar porque sou a Presidente Oficial do Fã Clube dele, mas, de fato, falo dele sorrindo e emocionada, assim como todos que, de fato, realmente tem o privilégio de conhecê-lo nos bastidores”, pontuou.

O ex-político foi preso na Operação Lava Jato, na época, suspeito de comandar uma organização criminosa que fraudava licitações e cobrava propina de empreiteiras. Após uma decisão da Justiça em dezembro do ano passado, o ex-governador passou a cumprir prisão domiciliar na casa de familiares em Copacabana, na Zona Sul do Rio.

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comFábia Oliveira

Você quer ficar por dentro da coluna Fábia Oliveira e receber notificações em tempo real?

Notificações