Este é um espaço para celebrar a vida e as pessoas. Viaje comigo nesta aventura!

Dono da Amazon, Jeff Bezos pode se tornar o primeiro trilionário do mundo

O CEO alcançará a façanha inédita em 2026, ano em que seu patrimônio líquido chegará a marca de US$ 1 trilhão, o mesmo que R$ 5,71 trilhões

atualizado 19/05/2020 18:13

Jeff BezosEmma McIntyre/Getty Images

O título de homem mais rico do mundo pertence a Jeff Bezos, fundador e CEO da gigante Amazon. O patrimônio líquido do empresário de 56 anos está avaliado em US$ 143 bilhões, o equivalente a R$ 818 bilhões, segundo a Forbes. Há quem diga que, em um futuro próximo, ele será o primeiro trilionário do planeta.

É o que aponta um estudo feito pela Comparisun, empresa de consultoria norte-americana que analisa varejistas on-line com ações na Bolsa de Valores de Nova York.

De acordo com a projeção, Jeff alcançará a façanha inédita em 2026, ano em que seu patrimônio líquido chegará a marca de US$ 1 trilhão, o mesmo que R$ 5,71 trilhões. Ele estará com 62 anos. Atualmente, o aumento na fortuna de Bezos deve-se à pandemia do novo coronavírus. Em abril, as ações da empresa atingiram a máxima histórica.

Com as pessoas confinadas em casa, o serviço de e-commerce e streaming da Amazon disparou e, consequentemente, a receita da companhia subiu 26% no primeiro trimestre. Com participação em 11,2% da Amazon, o empresário viu a conta bancária crescer quase US$ 25 bilhões somente em 2020, mais de R$ 143 bilhões.

Jeff Bezos
Segundo estimativas, Jeff Bezos será o primeiro trilionário do planeta

De acordo com a Comparisun, a riqueza do norte-americano cresceu a uma taxa média anual de 34% nos últimos cinco anos. Caso o veredito de ser trilionário se torne realidade, Bezos terá a fortuna maior do que o PIB de alguns países, como Holanda, Filipinas e a Argentina, vizinha do Brasil.

O bilionário chinês Xu Jiayian surge em segundo lugar no estudo da consultoria. Ele é presidente da Evergrande Group, sediada em Hong Kong, uma das maiores promotoras imobiliárias da China. Outras personalidades, como o criador do Facebook, Mark Zuckerberg; e o presidente da LVMH, Bernard Arnault, também podem alcançar a meta do trilhão.

Lista da Forbes

O empresário se mantém na primeira posição da lista de ricaços da Forbes mesmo após ter dividido, em 2019, parte de sua fortuna com Mackenzie Bezos, sua ex-mulher. Com a separação, ela recebeu US$ 36 bilhões, o equivalente a R$ 205 bilhões, em ações da Amazon. Autora de romances, ela passou a figurar na 22ª posição do ranking de bilionários e, atualmente, é a quarta mulher mais abonada do globo.

Jeff e Mackenzie Bezos
Jeff e Mackenzie se separaram em 2019

Ao todo, o mundo tem 2.096 pessoas com a conta bancária com mais de nove dígitos, de acordo com levantamento da revista de finanças publicado em março. Bezos superou a barreira dos US$ 100 bilhões em janeiro de 2018. Na ocasião, o CEO da Amazon ultrapassou o criador da Microsoft, Bill Gates, no quesito pessoa mais rica do mundo.

O futuro trilionário emplacou seu nome no ranking dos norte-americanos mais ricos da Forbes em 1998, quatro anos após fundar a Amazon.

 

Para saber mais, siga o perfil da coluna no Instagram.

Mais lidas
Últimas notícias