Este é um espaço para celebrar a vida e as pessoas. Viaje comigo nesta aventura!

Descubra a ilha que se tornou refúgio da princesa Margaret e de Mick Jagger

A Ilha de Mustique, no Caribe, é sinônimo de luxo, privacidade e exclusividade. Veja quem são os famosos que visitam o local com frequência

atualizado 02/12/2020 11:51

Princesa Margaret e Mick Jaggerprincessmargaretdiaries/Reprodução/Instagram/Daniele Venturelli/Getty Images

Se olharmos para o mar do Caribe, podemos encontrar um pequeno território de apenas 5,7 km² que hospeda aproximadamente 500 habitantes. Batizada de Ilha de Mustique, o destino é a prova viva de que tamanho não é documento. No aeroporto local, desembarcam membros da realeza, como a princesa Margaret, o príncipe William e Kate; celebridades e, é claro, a elite.

A região é propriedade privada da empresa Mustique Company, apesar de dizerem por aí que ela ficou séculos sem residentes e, inclusive, já foi abrigo para piratas. Mas, hoje, é sinônimo de luxo, privacidade e exclusividade.

Descoberta pelos espanhóis em 1400, a ilha se tornou posse dos britânicos após a Guerra dos Sete Anos, em 1763. Atualmente, hospeda cerca de 100 propriedades e vale centenas de milhões de dólares apenas em imóveis.

0

O destino é totalmente privado. Ao entrar no site oficial da ilha, já podemos ver como as coisas funcionam por lá: “Todo visitante da ilha é registrado com nossa equipe de segurança antes de chegar à ilha por terra, ar ou mar, seja ele pessoal, ilhéu local ou visitante, para garantir que a equipe de segurança saiba quem está na ilha a qualquer momento”, informa.

A localidade é um verdadeiro paraíso. Considerada um dos pontos mais bonitos do mundo, não à toa serve de refúgio para muitos famosos. O mar azul-turquesa e as areias brancas completam as palmeiras e a floresta verde, uma paisagem de suspirar.

O pequeno aeroporto da ilha começou a ser construído em 1969, como também novas vilas e o tradicional hotel Cotton House. Com o tempo, a região foi se modernizando e ganhando estradas, eletricidade, água limpa e outros bens necessários.

Na década de 90, magnatas em busca de sossego foram se ausentar por lá. Nos anos 2000, o cenário encantador da ilha passou a estampar páginas de revistas internacionais.

Destino das estrelas

Bryan Adams, Tommy Hilfiger e Shania Twain já garantiram suas propriedades na região. O destino também já recebeu visitas importantes, como de Taylor Swift, Bill Gates, Victoria Beckham, Katy Perry, Orlando Bloom, Jon Bon Jovi, Daniel Craig e Paul McCartney.

Em 1989, David Bowie construiu uma vila chamada Mandalay. Ainda, Mick Jagger possui um complexo à beira-mar de seis quartos e cinco banheiros que pode ser alugado a partir de US$ 16.500 por semana durante a baixa temporada (R$ 86.300 na cotação atual), e US$ 30 mil por semana durante a alta temporada (R$ 156.900 na cotação atual).

Mick Jagger and Jerry Hall on a beach in Mustique, 18th February 1987
Mick Jagger e Jerry Hall na praia de Mustique, 1987

Jagger também é dono de uma propriedade menor composta por uma vila de três quartos e três banheiros à beira-mar. O aluguel de uma semana varia entre US$ 6.500 e US$ 11.000 (R$ 33.995 e R$ 57.530).

Recanto da realeza

A falecida princesa Margaret tinha um caso de amor com a ilha de Mustique. A liberdade que ela encontrava naquele lugar a atraía com frequência, tal como foi fotografada, em 1976, com Roddy Llewellyn — homem com quem ela teve um caso de muitos anos enquanto ainda era casada com o fotógrafo Antony Armstrong-Jones —. Os cliques foram publicados pelo British News. Mais tarde, Margaret e Antony se separaram.

Roddy Llewellyn nada com Princess Margaret em Mustique, 1976
Roddy Llewellyn e Princess Margaret em Mustique, 1976

A princesa ganhou uma casa na região, presente de casamento de Colin Tennant, dono da ilha e marido de Lady Anne Glenconner, amiga íntima de Margaret. Batizada de Les Jolies Eaux (que significa “as belas águas”), a residência, que comportava cinco quartos e duas piscinas, foi construída em 10 acres de terra e recebia a realeza duas vezes ao ano.

Cinco anos antes de morrer, em 1996, Margaret entregou a propriedade a seu filho David Linley. Ele, contudo, vendeu o imóvel, em 2001, para o empresário americano Jim Murray, por aproximadamente 2,4 milhões de libras.

0

Les Jolies Eaux pode ser alugada por turistas, custando até 49 mil libras por semana em altas temporadas (R$ 343.620 mil).

Terra que ganhou o coração da Família Real

A rainha Elizabeth e o príncipe Phillip também já embarcaram para a região caribenha e se encantaram com a beleza do destino. Isso foi em 1966, 1977 e 1885. Em tempos atuais, foi a vez do príncipe William e de Kate Middleton embarcarem. Em 2018, o casal e seus três filhos passaram as primeiras férias de verão como uma família de cinco pessoas na ilha.

Para saber mais, siga o perfil da coluna no Instagram.

Últimas notícias