Este é um espaço para celebrar a vida e as pessoas. Viaje comigo nesta aventura!

Conheça 5 cuidados necessários para a pele preta que ninguém te conta

A pele de pessoas negras têm características específicas que devem ser levadas em consideração para garantir que estejam sempre saudáveis

atualizado 02/08/2021 19:31

Skin care máscara facial Pexels

Nos últimos anos, a indústria da beleza fez importantes avanços para atender a uma maior diversidade de consumidores. Cosméticos com mais tons de cores e produtos pensados nas características de pessoas negras enfim chegaram às prateleiras e começam a se popularizar. Mas ainda existem muitos mitos sobre os cuidados corretos com a pele preta.

O médico André Moreira, dermatologista estudioso das questões étnicas relacionadas à pele, conta à coluna Claudia Meireles quais são os principais cuidados que as pessoas negras devem ter com a cútis.

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
0
Hidratação

Pessoas negras e brancas têm o mesmo número de glândulas que produzem oleosidade. No entanto, a pele preta tende a ser mais oleosa, segundo Moreira, membro da Skin of Color Society, sociedade estadunidense cujo objetivo é promover reconhecimento e excelência na dermatologia focada na pele preta.

Por outro lado, ela perde água com mais facilidade, o que pode trazer um impacto muito grande à saúde e estética dessas pessoas. Por isso, é fundamental manter o corpo hidratado, especialmente no período da seca.

O dermatologista destaca que o número excessivo de banhos e uso exagerado de sabonete prejudicam ainda mais o ressecamento porque eles retiram a oleosidade natural que a protege.

“Isso acelera a perda da camada lipídica natural que nos hidrata e nos protege. Então, temos que ficar ainda mais atentos aos fatores que promovem mais ressecamento”, explica.

Neste período, o ideal é tomar banhos rápidos e com água morna ou fria, “passar sabonete só onde precisa – axilas, genitais, bumbum e pé – e ter o hábito de passar bons hidratantes diariamente. Isso será protetor para evitar ressecamento e outros danos que a nossa derme pode ter”, garante o médico.

Cuidados com a pele hidratação
Crie o hábito de hidratar o corpo e o rosto
Proteção solar

Um grande mito sobre a pele preta, segundo o dermatologista, é que ela não necessita de proteção solar. “Muita gente fala que a pele preta, por ter melanina, não precisa de protetor solar. Isso é uma grande mentira. Nós somos tão propensos a ter câncer de pele e os efeitos danosos do sol e da luz artificial quanto uma pessoa branca”, esclarece.

O produto deve ser reaplicado três vezes ao dia, pelo menos, para que não sejam desenvolvidas lesões decorrentes da exposição à luz, como o melasma. A doença causa principalmente o escurecimento da pele do rosto e pode ter bastante impacto estético.

Para evitar o aspecto acinzentado que os protetores convencionais deixam, opte pelas versões líquidas e em pó com cor.

Envelhecimento

Enquanto a pele branca tem o fotodano como a principal característica do envelhecimento, a pele preta sofre mais com a perda do volume e a flacidez. Esses dois pontos precisam ser levados em consideração ao se falar sobre ressecamento e envelhecimento.

“Não é verdade que a pele preta demora mais para envelhecer. Envelhecemos, mas de uma maneira diferente: perdendo volume e colágeno. Isso obviamente terá um impacto estético”, afirma o médico.

Estímulo de colágeno

Apesar de não amadurecer da mesma maneira que a pele branca, a pele negra também sente os impactos do tempo. Por isso, é interessante procurar procedimentos estéticos que estimulem a produção de colágeno.

Existem algumas opções no mercado, como os bioestimuladores de colágeno e a toxina botulínica, que agem com tecnologias com laser, radiofrequência e ultrassom microfocado na prevenção do envelhecimento, garantindo um efeito estético de longo prazo.

Pó colágeno
Existem diversos tipos de suplementação de colágeno. Para evitar interações medicamentosas ou outros efeitos colaterais indesejados, converse com seu médico antes de tomar qualquer reposição, especialmente se estiver grávida ou amamentando
Cuidado com laser

Existe uma crença sobre pessoas negras não poderem fazer depilação a laser ou outros procedimentos estéticos com essa tecnologia. Moreira esclarece que eles podem sim ser feitos, mas é importante procurar um dermatologista habilitado e com conhecimento sobre as características da pele negra.

Esse cuidado é importante para não haver o risco de manchas na pele, queimaduras e queloides. “É muito importante a formação do dermatologista no contexto, e a vivência com o paciente com pele não branca”, pontua Moreira.

Tenha hábitos saudáveis

“Não tem como ter a pele saudável se você não for uma pessoa saudável”, garante o dermatologista. Em outras palavras, não basta apenas hidratar o corpo com cremes e esperar por uma pele bonita sem ter hábitos físicos e alimentares que prezem pelo bom funcionamento do organismo.

O primeiro passo é beber bastante água e consumir alimentos ricos em líquidos para ficar hidratado. Manter uma dieta balanceada, equilibrada e adequada às necessidades e praticar exercícios físicos regularmente também contribuem, e muito, para a saúde da pele.

Pratica de yoga
Pratique atividades físicas

Para saber mais, siga o perfil da coluna no Instagram.

Mais lidas
Últimas notícias