Kama Sutra: 10 curiosidades que você não sabia sobre a enciclopédia do sexo

Muito mais do que um livro de posições sexuais, o Kama Sutra traz reflexões sobre o padrão comportamental humano e dicas de relacionamento

atualizado 01/05/2020 11:42

Muher nua lendo livro vermelho e segurando maçã Reprodução/ FreePik

Todo mundo já ouviu falar do Kama Sutra, mas nem todo mundo sabe o que é. Alguns pensam que sabem, mas na verdade não sabem. Kama Sutra é um texto indiano antigo que fala sobre o comportamento sexual humano.

Ao contrário do que muitos imaginam, ele não fala só sobre posições sexuais e o ato sexual em si. “O texto aborda todo um padrão de comportamento”, explica a sexólga Bianca Fonseca, que dedicou anos de estudo apenas ao fatídico guia. Segundo ela, o Kama Sutra vai além daquelas posições sexuais impossíveis. “Há muita coisa legal e que podemos aprender com ele”, afirma. Veja dez curiosidades que você nem imaginava sobre o compilado:

Ele foi escrito por alguém que não fazia sexo

O livro foi escrito por Vatsyayana. “A tradição diz que ele foi um estudante celibatário que viveu em Pataliputra, um importante centro de aprendizagem. Estima-se que ele nasceu no século 4 e viveu antes de Cristo”, conta a profissional. Kama Sutra, em tradução livre, significa “Regras do Desejo”.

O livro contém 529 posições sexuais

Parece muito, mas não para Vatsyayana. “Segundo ele, existem oito formas de praticar sexo e cada uma delas poderia ser experimentada em oito posições. No total, o Kama Sutra tem 529 posições. Algumas mais fáceis e outras indicadas para os mais profissionais”, ressalta.

Será que existe alguém no mundo que já experimentou pelo menos 30 dessas posições?

Dicas para apimentar a relação

Como o KS é visto apenas como um livro que ensina posições sexuais, as pessoas deixam de notar que nele também contém dicas para melhorar a relação íntima com o parceiro ou parceira.

“Através de um bom beijo, mordidinhas e até unhadas, Vatsyayana dá algumas ideias de como apimentar a relação sem gastar nada além de criatividade. Compensa dar uma lidinha”, brinca Bianca.

Artes de amar

No total, o livro aponta que existem 64 artes de amar: beijar, acariciar, abraçar… A lista é imensa.

Arrumando a casa

Além das dicas para apimentar a relação, o KS também contém ideias de como arrumar a casa. “Não é sobre faxina. É que Vatsyayana ensina a arrumar o ambiente para favorecer o sexo, para que os espaços se tornem favoráveis ao ato sexual”, relata a sexóloga.

Com certeza você já arrumou o quarto para receber aquele peguete ou aquela gata, não? Então não jogue as dicas fora. Vatsyayana acreditava que os deuses favorecem o sexo que acontece em um bom ambiente. Vamos faxinar!

Métodos de beijar

Beijo reto, beijo curvado, beijo virado e beijo pressionado. Já deu algum desses beijos? Sabe do que se trata? “No livro, Vatsyayana retrata os vários tipos de beijos e explica que existem quatro maneiras de executar cada beijo. Existem 40 maneiras de beijar“, complementa Fonseca.

Vetado para pessoas com problemas de saúde

“Vatsyayana não recomenda o Kama Sutra para quem tem problemas nos ossos ou nas articulações, devido à dificuldade que existem em algumas posições. O praticante pode se machucar caso tente fazer”, avisa a profissional. Vocês imaginam as facilidades de posição que existem nesse livro, né?

Apenas 20% do Kama Sutra são voltados para as posições sexuais

O engano mais fácil e simples relacionado ao mundo sexual e literatura. De acordo com Bianca, “as pessoas pensam que o KS é só um livro de posições sexuais, mas na verdade só 20% do livro são voltados para o sexo e posições sexuais. O restante trata de boas maneiras e guia de cidadania. Tudo na intenção de que as pessoas saibam se portar na sociedade”.

Posições de nomes engraçados

Entre as posições de nomes mais engraçados estão: garanhão profundo, tesoura sexy, a união da borboleta, cavalo de balanço e domando o garanhão.

Tempo de prática

“Segundo estudos, para fazer todas as posições do Kama Sutra é preciso cerca de quatro anos praticando sem parar”, completa. Já pode começar nesta quarentena, viu?

Últimas notícias