Falta disposição? Veja como turbinar o preparo físico para o sexo

Trabalhar a respiração, meditar, praticar exercícios e se manter hidratado são algumas das apostas dos especialistas

iStockiStock

atualizado 29/09/2018 13:27

Transar é um dos melhores exercícios que existem, mas, para aproveitar bem o ato, é preciso estar em dia com o condicionamento físico. Dores pelo corpo, falta de disposição e flexibilidade em baixa podem atrapalhar uma boa transa. Por isso, o Metrópoles separou algumas dicas de como manter o preparo físico em dia e arrasar no sexo.

A terapeuta sexual Kamilla Barbosa afirma que, em uma boa transa, cheia de conexão, é importante estar com vibração energética alta. Para ela, parte fundamental desse processo é um bom condicionamento físico. “Não falo que precisa ser atleta para sentir mais prazer, e sim ter um corpo com mais energia, mais disposto, pois, assim, você poderá utilizá-lo em maior sintonia e consciência para seu tesão e do(a) parceiro(a)”, explica. Confira algumas dicas da especialista:

Respiração
É fundamental saber respirar para ter mais disposição e energia. Uma boa respiração oxigena melhor tecidos e órgãos e, dessa forma, traz mais vitalidade a todo seu sistema. Exercícios como ioga trabalham muito bem essa área. Dentro das práticas tântricas, é um dos pilares para uma boa conexão com a energia sexual.

Meditação
A meditação traz mais autoconhecimento e, aliada a práticas de respiração, amplia a consciência e auxilia no sentido de deixar o corpo mais presente durante o ato sexual. Ter qualidade de presença é muito importante para o condicionamento na hora da troca com o parceiro(a).

Hidratação
Água é vida. Nosso corpo é composto 80% de água. Necessitamos de uma boa hidratação para melhor funcionamento de todo o sistema. E sexo envolve transpiração, troca de saliva, logo, hidrate-se.

Sorria!
Acorde pela manhã e dê bom dia ao seu corpo. Faça alongamento e algum agrado para si. Coloque aquela música boa para começar o dia, dance e sorria. Um corpo alegre tem um sistema imunológico melhor e com mais saúde – tanto física quanto emocional –, além do condicionamento que aprimora muito.

Exercício físico
Atividade física traz muita energia, trabalha o sistema hormonal, equilibra e nutre o organismo – além de deixá-lo mais disposto e harmônico. Dar aquela corrida, nadar, pedalar, praticar musculação: o exercício vai auxiliar na manutenção de energia e a compor uma reserva também para o momento de prolongar a transa.

O educador físico Fernando Castro ainda acrescenta alguns aspectos fisiológicos que podem ajudar nessa situação. Um deles é a melhora do fluxo sanguíneo no órgão genital. “Isso estaria diretamente ligado à capacidade cardíaca de enviar sangue para os órgãos. Por isso, indico praticar uma atividade aeróbica, que vai promover uma capacidade de ereção e excitabilidade maior”, garante.

O profissional segue explicando que, como em toda atividade física, durante o ato sexual existem grupos musculares que são mais exigidos e, nesse caso, o fortalecimento da musculatura de quadril, pernas e abdômen estaria relacionado à maioria dos movimentos. “Portanto, na academia, não se descuide dos agachamentos e abdominais”, aconselha.

Ele ainda recomenda exercícios de força, como musculação e ginástica localizada, além de conhecer e respeitar seus limites. “Caso o condicionamento físico ainda não esteja alto, escolha posições que se adequem a sua possibilidade e ao seu biotipo”.

O personal trainer Rômulo Peniche recomenda que os homens façam exercícios para fortalecer e aumentar a resistência da região pélvica, inclusive trabalhando as partes internas da coxa. Para as mulheres, flexibilidade é o quesito que deve ser trabalhado, além do fortalecimento dos membros inferiores. O treinador indica também o treinamento HIIT (sigla para o termo em inglês High Intensity Interval Training), alternando velocidades. Tudo para não perder o fôlego na hora H.

 

SOBRE O AUTOR
Tatyane Mendes

Formou-se em Jornalismo pelo Centro Universitário Iesb em 2017. Atuou na redação de veículos como Correio Braziliense, Jornal de Brasília e O Globo cobrindo editorias de educação, trabalho, sociedade, política e nacional. Compõe a equipe de Vida & Estilo auxiliando na cobertura social e elaborando matérias de comportamento, beleza e personalidades. É a atual colunista da coluna de sexo Pouca Vergonha.

Últimas notícias