Quase uma guerra civil! Filhos de Catra brigam após Prêmio Multishow

Uma das mulheres do funkeiro tentou apaziguar a situação

Edu Moraes/Record TVEdu Moraes/Record TV

atualizado 04/10/2018 16:38

Uma confusão agitou os 32 filhos do funkeiro Mr. Catra, que morreu aos 49 anos no começo de setembro. Isso porque o responsável por homenagear o cantor durante o Prêmio Multishow foi MC Juninho. No entanto, segundo o primogênito da família, Mc Allandim, Juninho não é filho do artista, pelo menos, não de sangue.

Em um e-mail enviado à imprensa, Allan ficou triste por não não ter sido o escolhido para representar o pai e “ter ficada para trás”. No entanto, uma das mulheres de Catra, Silvia Regina, segundo o jornalista Leo Dias, do jornal O Dia, disse que essa não é a opinião de toda a família.

Em entrevista, Silvia esclareceu a situação. “Aqui em casa nunca teve essa história de que era ou não filho. Meu marido sempre honrou com todos os filhos e todos eles têm o mesmo direito. E a norma aqui em casa é um ajudar o outro sempre. Tudo pela família! Todos têm o mesmo direito e o mesmo amor. Catra foi um excelente marido, um pai maravilhoso e sempre tratou todos com muito amor e vamos continuar assim”, disse à coluna de Leo Dias.

SOBRE O AUTOR
Ataide de Almeida Jr.

Formado em jornalismo no Centro Universitário de Brasília (UniCeub), trabalhou por sete anos na redação do Correio Braziliense, como repórter e subeditor de Suplementos (Veículos, Informática e Turismo). Logo depois, ocupou o mesmo cargo no site do Correio. Desde 2016, faz parte da equipe do Metrópoles, onde atua como editor de Redes Sociais. Ama um viral e não vive sem suas celebridades.

Últimas notícias