MC Guimê comemora 27 anos se batizando em igreja evangélica

Ele se converteu no domingo, em São Paulo. Nessa terça, o funkeiro fez uma festa na mansão onde mora com Lexa

Reprodução/InstagramReprodução/Instagram

atualizado 13/11/2019 11:11

O funkeiro MC Guimê (não o Gui) escolheu o aniversário de 27 anos para marcar outra data especial em sua vida. O artista se converteu e foi batizado, no domingo (10/11/2019), nas águas da Assembleia de Deus Alphaville (ADAlpha), em São Paulo.

Nas redes sociais, circularam fotos do momento religioso. Em um clique, ele aparece sentado ao lado de outras pessoas que também participaram da cerimônia. Em outra foto, é visto cumprimentando um membro da igreja, antes de entrar na banheira do batismo.

De acordo com a colunista Fábia Oliveira, a igreja escolhida por Guimê é liderada pelo casal de pastores Cassiane e Jairo Manhães. Na internet, ele explicou que a conversão ocorreu porque o nascimento dele foi motivo de muita apreensão e alegria para o pai e a mãe. Após o parto prematuro, de seis meses, o casal foi desenganado pelos médicos, mas, com orações, ele foi salvo. Guimê frequenta a igreja ADAlpha há cerca de um ano.

“Nasci prematuro [6 meses]. O médico falou para os meus pais que eu teria pelo menos 4 anos de atraso mental, talvez só andaria com cadeira de rodas e demoraria mais a falar e compreender certas necessidades… Deus fez diferente, em resposta de oração dos meus pais e familiares”, contou o artista no Instagram.

Nessa terça-feira (12/11/2019), o músico, que é casado com Lexa, 24, organizou uma festa pomposa, com muito comida, bebidas e funk para os convidados.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Glória a Deus pela minha vida!!! Quando eu nem nascido era, Ele já tinha me escolhido. Sou um milagre, graças a Jesus Cristo. Nasci prematuro [6 meses], o médico falou para os meus pais que eu teria “pelo menos” 4 anos de “atraso mental”, talvez só andaria com cadeira de rodas e demoraria mais a falar e compreender certas necessidades… Deus fez diferente, em resposta de oração dos meus pais e familiares, Ele fez com que isso não acontecesse e que acontecesse o que de fato aconteceu: hoje faço 27 anos de vida, há uns 20 anos dando trabalho pros pais [hj não mais, rs], há 15 anos que se interessei em me tornar um mc, há 10 anos realizando o meu sonho cantando funk, fazendo o que eu mais amo, podendo dar uma melhora de vida pra minha família e pros meus…. éé 🥳🥳🥳🥳 Definitivamente eu SÓ tenho a AGRADECER, meu Deus muito obrigado!!! 🙏🏽 #DeOzProMundo

Uma publicação compartilhada por MC GUIMÊ 🦅 (@mcguime) em

SOBRE O AUTOR
Jacqueline Saraiva

Formada em comunicação social na Facitec, trabalhou por oito anos na redação do Correio Braziliense, como repórter e subeditora do site do veículo. Atualmente, faz parte da equipe do Metrópoles, onde atua como editora assistente da Home.

Últimas notícias