Mari Palma pede demissão da Globo após 11 anos: “Tão difícil”

Decisão de deixar a casa ocorre dias após Phelipe Siani dizer adeus à emissora

Reprodução/InstagramReprodução/Instagram

atualizado 17/07/2019 20:10

A jornalista Mari Palma deixou a TV Globo após 11 anos. Nas redes sociais, a jovem publicou um texto referente à sua despedida, que ocorre poucos dias após Phelipe Siani, seu namorado, abandonar a casa.

Em seu perfil no Instagram, a comunicadora lamentou a saída da emissora, mas garantiu ter feito a coisa certa. Ela exibiu um crachá e disse: “Tem muita história”.

“A Globo foi meu primeiro e único emprego. Quando eu comecei como estagiária, em 2008, com 19 anos, não fazia ideia do que ia acontecer na minha vida. Lembro que comprei vários saltos e camisas sociais porque achei que teria que trabalhar assim pro resto da vida. Mas olha só: hoje, 11 anos depois, eu saio da empresa com meu guarda-roupa cheio de camisetas divertidas e tênis — isso porque, lá dentro, eu tive a liberdade de ser quem eu sou de verdade. E por isso, eu vou ser eternamente grata”, escreveu.

Mari relembrou sua trajetória na emissora até chegar ao Mais Você. “Mudar é difícil demais, mas eu gosto do frio na barriga, de sair da zona de conforto, de me arriscar — sem isso, a gente nunca sai do lugar. Agora, adivinha só: chegou a hora de mudar de novo. Pra onde? Eu conto depois”, disse.

“Enquanto isso, vou viver esse momento de despedida que tá sendo tão difícil e tão gostoso ao mesmo tempo, junto com os amigos que fiz na Globo, com o amor da vida que eu ganhei lá dentro, com minha família e com vocês também que sempre me receberam tão bem e fazem parte de tudo que eu construí até hoje. Bora que o caminho é longo e cheio de aventuras!”, concluiu a jornalista.

 

Ver essa foto no Instagram

 

é hora de dizer tchau! . o crachá tá todo desgastado assim pq tem muita história (tem até o selinho de camisa 10 do campeonato de futebol, kkkk). essa história tem exatos 11 anos, completados no último dia 7/7. a Globo foi meu primeiro e único emprego. . . quando eu comecei como estagiária, em 2008, com 19 anos, não fazia IDEIA do que ia acontecer na minha vida. lembro que comprei vários saltos e camisas sociais pq achei que teria que trabalhar assim pro resto da vida haha. mas olha só: hoje, 11 anos depois, eu saio da empresa com meu guarda-roupa cheio de camisetas divertidas e tênis – isso pq lá dentro eu tive a liberdade de ser quem eu sou de verdade. e por isso, eu vou ser eternamente grata. . nesses 11 anos, eu fiz tanta coisa: comecei no digital, fazendo chats, arrumando estúdio, passando cabo no chão; depois fui pra redes sociais e notícias no G1; aí virei editora do site do Bem Estar; aí fui pra TV aberta ao vivo, sem TP, com o G1 em 1 minuto; virei a vida em 360 graus no Fantástico; depois fui me aventurar no esporte e terminei meu ciclo no Mais Você. . e sabe o que eu acho engraçado? notícias por aí sempre classificaram minhas mudanças como “promoção” ou “rebaixamento”, “boas” ou “ruins”. sendo que na verdade, mudanças são sempre importantes e positivas, né? cada passo que eu dei me fez aprender uma coisa diferente, me fez descobrir onde eu me encaixo melhor e o que eu mais gosto de fazer. . mudar é difícil demais, mas eu gosto do frio na barriga, de sair da zona de conforto, de me arriscar – sem isso, a gente nunca sai do lugar. agora, adivinha só: chegou a hora de mudar de novo. pra onde? eu conto depois. . enquanto isso, vou viver esse momento de despedida que tá sendo tão difícil e tão gostoso ao mesmo tempo, junto com os amigos que fiz na Globo, com o amor da vida que eu ganhei lá dentro, com minha família e com vcs também que sempre me receberam tão bem e fazem parte de tudo que eu construí até hoje. bora que o caminho é longo e cheio de aventuras! . obrigada @redeglobo por TUDO! . OBS: como o @phelipe.siani já disse, não acreditem em tudo que vcs leem na internet. se quiserem saber de alguma coisa, perguntem aqui pra gente 💛

Uma publicação compartilhada por mari palma (@maripalma) em

Aguarde mais informações.

SOBRE O AUTOR
Saullo Brenner

Integrante da equipe do portal desde agosto de 2017, atua como repórter e social media. É autor do livro A Confissão de Palomino, publicado em 2019 pela Editora Metrópoles, e foi finalista do Prêmio Abracopel, na categoria Internet, em 2018.

Últimas notícias