Fantasiada de índia em bloco, Alessandra Negrini gera polêmica

Atriz foi acusada de apropriação cultural, mas se defendeu alegando que estava fazendo um protesto

Reprodução/Instagram

atualizado 16/02/2020 19:31

Alessandra Negrini virou centro de uma polêmica neste domingo (16/02/2020). A atriz escolheu uma fantasia de índia para pular Carnaval no bloco Acadêmicos do Baixo Augusta, do qual é rainha. “A luta indígena é de todos nós e por isso eu tive a ousadia de me vestir assim”, disse ao jornal Folha de S. Paulo.

0

“A questão indígena é a central desse país. Ela envolve não somente a preservação da cultura deles como a preservação das nossas matas”, afirmou.

Acompanhada de lideranças indígenas, como Sônia Guajajara, a global afirmou que a produção não poderia ser classificada como uma apropriação cultural, já que o objetivo era político.

Pouco antes, ela concedeu uma entrevista à Marie Claire explicando a produção. “Será um manifesto. Esse ano a questão indígena está no centro das resistências. Estamos vendo nossos povos originários sendo violentamente atacados, suas terras invadidas, suas vidas ceifadas, suas culturas ameaçadas”, contou.

Na internet, porém, a imagem gerou controvérsias.

Últimas notícias