Datena cumpre decisão judicial após ofender Xuxa. Entenda

A apresentadora fez uma queixa-crime em 2017 depois de ser chamada de "garota de programa infantil" pelo jornalista

Reprodução

atualizado 15/01/2020 8:14

A Justiça de São Paulo condenou o apresentador da Band José Luiz Datena a pagar um valor equivalente a R$ 20 mil em cadeiras de rodas para uma instituição de caridade. A condenação é referente a um processo inciado em 2017, pela apresentadora Xuxa Meneghel. As informações são da Folha de S. Paulo.

A queixa-crime foi apresentada por Xuxa após uma discussão com o filho de Datena pelas redes sociais, em setembro de 2017. Na ocasião, Joel Datena discordava da Lei da Palmada, que pune quem bate nos filhos.

0

Xuxa argumentou que a lei era válida. Datena entrou na polêmica dos dois, e rebateu Xuxa, ao dizer que quem merecia apanhar era o filho por ter assistido na infância “àquela garota de programa infantil que cresceu e continua infantil”.

A apresentadora não comentou o caso. Durante todo o processo, Xuxa também não compareceu às audiências e foi representada por um advogado.

À coluna F5, o advogado de Datena, Fábio Mariz, explicou que o caso está resolvido. As dez cadeiras de rodas foram doadas a uma instituição em dezembro de 2019.

Últimas notícias