Azealia Banks detona Pabllo Vittar e artistas brasileiros: “Nível C”

A norte-americana voltou a criticar a cantora em seu Instagram

atualizado 15/08/2019 17:36

Azealia Banks arrumou treta com os brasileiros novamente. Após se recusar a abrir um show para Pabllo Vittar, ela voltou a atacar a cantora e, dessa vez, criticou também a música brasileira no geral.

Em uma série de Stories postados pela americana, ela aparece respondendo um fã brasileiro. “Como eu ofendi uma comunidade inteira ao dizer pra uma drag queen que ela não está arrasando como pensa que está? Pabllo me dá uma vibe de artista de nível C ao fazer a arte dele uma réplica em estilo cabaré do que os artistas estão fazendo em mercados de nível A”, detonou Azealia.

“Eu sinto que muitos artistas brasileiros têm um estilo forçado de audição do American Idol, que é desnecessário”, tentou se justificar. A rapper ainda disse que acha a cultura brasileira muito rica, especialmente em comparação a dos Estados Unidos.

No textão, Azealia também alegou que Pabllo não tem um som próprio. “Ela copia o que ela vê e então quer exigir respeito de uma artista que trabalhou duro e literalmente sofreu para achar sua voz. Dito isso, eu nunca vou abrir um show para a vadia e, não, não sinto muito”, completou.

Na imagem seguinte, a americana escreveu que acha os artistas do Brasil talentosos demais para a música que fazem. “Por que fazer tributo a estrelas pop bregas do ocidente quando a cultura brasileira tem bossa nova e funk, que são bem melhores do que qualquer coisa feita por aqui?”.

“Sinto que os ícones brasileiros atuais meio que tentam ‘subir’ ao pop ocidental”, continuou. Após postar esses comentários e receber críticas na internet, Azealia no Instagram que ia tirar uma folga das redes sociais.

SOBRE O AUTOR
Isabella Cavalcante

Formada em jornalismo pelo Centro Universitário de Brasília (UniCeub), fez parte da equipe de Vida & Estilo do portal por quase dois anos, editoria na qual abordou, principalmente, temas de comportamento e produziu perfis. Em 2018, foi finalista do Prêmio Netherlands Hanseniasis Relief - Brasil. Atualmente, integra a equipe de Redes Sociais e é pós-graduanda em Direitos Humanos.

Últimas notícias