Após desabafar sobre ausência do pai, filha de Fernando Zor agradece apoio

Kamily Zor usou o Instagram, nessa quarta-feira (9/9), para se pronunciar sobre sua relação com o cantor

atualizado 10/09/2020 11:36

Fernando e Kamily Zor Reprodução/ Instagram

Depois de publicar um desabafo nas redes sociais sobre sua relação com o pai, Fernando Zor, Kamily, de 18 anos, voltou às redes sociais para agradecer aos seguidores.

“Que todo esse amor volte para vocês. Muito obrigada por toda mensagem de amor que vocês estão me mandando”, escreveu (veja galeria abaixo). “Eu nunca quis expor essas coisas na internet, mas se tem uma coisa que venho aprendendo é que mostrar nossas vulnerabilidades pode ser revolucionário e tem poder de mudar pra vida de alguém”, continuou.

O cantor, da dupla com Sorocaba, ainda não se manifestou sobre o assunto, apenas republicou uma mensagem de uma fã nos stories. “Respeito o espaço e o tempo de cada um”, diz o texto.

Entenda

A questão familiar veio à tona depois que a mãe de Kamily respondeu uma pergunta de um seguidor sobre a relação do cantor com a filha. Segundo Aline Oliveira, Fernando nunca foi presente.

Nessa quinta (9/9), a jovem resolveu se manifestar depois da repercussão do assunto. “Já está na hora de contar a minha história e minha visão de tudo isso”, escreveu.

“Meu pai é um cara muito bom, é minha inspiração em muitos aspectos. Como todos nós, ele tem defeitos e muitos deles afetam diretamente a mim, como ser um pai ausente e pouco atencioso (quem vive isso me entende). Ele sempre foi e sempre será assim, é uma coisa que infelizmente já estou acostumada. Estar acostumada não significa que isso não dói. Mas hoje, com mais maturidade, consigo ver que são as dificuldades da minha vida”, disse no texto.

“Meu pai é um cara responsável, nunca me deixou faltar nada e por isso sou eternamente grata. Faz dois anos que venho já ganhando meu próprio dinheiro, mesmo sem ter o apoio dele nos meus projetos pessoais. Quanto antes eu conseguir ser independente, melhor para mim. O dinheiro não está em pauta nessa conversa, como muitos pensam. Sobre o que a minha mãe se pronunciou, foi sobre a ausência paterna e quem tem mais propriedade para falar a respeito sou eu, porque vem acontecendo comigo há 18 anos”.

Leia o texto completo:

0

Últimas notícias