Após críticas, GloboNews coloca jornalistas negros para debater racismo

A emissora havia apostado em comunicadores brancos, nessa terça-feira (02/06), mas o cenário gerou revolta nos internautas

atualizado 03/06/2020 20:45

GloboNews Reprodução

Em decorrência das diversas manifestações nos Estados Unidos após a morte de George Floyd, a GloboNews decidiu escalar jornalistas para comentar e debater questões raciais no programa Em Pauta. Contudo, o canal foi duramente criticado nas redes sociais por apresentar somente comunicadores brancos diante do tema, nessa terça-feira (02/06).

Após o assunto repercutir na internet, a emissora colocou jornalistas negros a fim de comentar sobre racismo. No Em Pauta desta quarta-feira (03/06), Heraldo Pereira comandou o debate.

0

Ele dividiu a atração ao lado de grandes figuras do jornalismo brasileiro, como Maju Coutinho, Aline Midlej, Lilian Ribeiro e Zileide Silva. As profissionais de comunicação relataram várias situações em que sofreram racismo.

A presença dos jornalistas negros na GloboNews gerou elogios dos internautas. “Time 100% negro. Tem que manter isso daí, viu?”, “Estamos mudando as coisas” e “Eu tô chorando” foram algumas das reações no Twitter.

Mea culpa

O jornalista Marcelo Cosme esclareceu, ainda na GloboNews, que a cobertura de ontem, de fato, foi comandada por uma equipe de pessoas brancas. “A Globo tem a diversidade como um valor e se orgulha dos profissionais negros que tem”, disse.

Últimas notícias