Anitta aparece careca e intriga fãs: “O que vem aí?”

Imagens da cantora com visual diferente foram divulgadas pelo fotógrafo André Nicolau

atualizado 28/11/2020 11:02

Anitta Divulgação

Anitta apareceu bem diferente nos stories do fotógrafo André Nicolau na noite dessa sexta-feira (27/11). Conhecida pelas madeixas superlongas, a cantora surgiu sem um fio na cabeça. O novo visual, no entanto, é fake. A estrela apenas escondeu o cabelo natural com peruca e maquiagem para estrelar uma campanha.

Segundo a revista Quem, o look faz parte do desafio #MostraASuaCareca, também apoiado pela influenciadora Blogueirinha. A ação tem por objetivo empoderar pessoas que não têm ou por algum motivo perderam seus cabelos.

0

Sacrifício por religião?
No início deste mês, Anitta negou os boatos de que teria raspado o cabelo para participar de um ritual. Os rumores surgiram após uma publicação do jornalista Gabriel Perline, editor do site Notícias da TV, no Twitter.

“Soube que uma cantora ‘poderosa’ ficou careca há dois meses. Mas não por saúde, e sim por religião. Ela deitou para o santo novamente [sic] e raspou a cabeça. Desde então só usa perucas. A desculpa que dá por seus cabelos artificiais é sua ‘nova investida no mercado gringo'”, postou Perline.

Em um desabafo, ela respondeu aos boatos e criticou a intolerância religiosa. “Minha assessoria e os meus amigos pessoais estão recebendo mensagens falando que eu estava usando lace [peruca] – que no caso eu nem estou, porque é rabo de cavalo – porque eu raspei o meu cabelo para fazer um santo e que eu menti sobre a minha doença, quando falei que tive intoxicação alimentar e que eu fiquei 15 dias fora, sem aparecer”, começou ela.

“Algumas mensagens me xingando, dizendo que usei minha doença pra esconder minha religião. Primeiro de tudo: eu falo abertamente qual é a minha religião, candomblé. Segundo: já falei mil vezes, em vários lugares, que eu sou ekedi… Se você der um Google e você ver o que é ekedi, você vai descobrir que sim, é uma pessoa que fez o santo, mas que é uma categoria que não precisa raspar a cabeça e nunca precisará”, continuou.

Por fim, a cantora afirmou não ter vergonha de sua crença. “Esconder que eu tava fazendo ‘rituais satânicos’ – de acordo com o que alguns estavam escrevendo – e que eu estava inventando doença?! Primeiro que eu não brinco com doença. Eu não tenho vergonha nenhuma da minha religião”, concluiu.

Últimas notícias