André Marinho fala sobre traição contra Drika: “Só Deus pode julgar”

Ao se deparar com o desabafo do ex, a dançarina detonou: "Você deveria dar valor à família e às pessoas que verdadeiramente te amam"

Rui Miranda / DivulgaçãoRui Miranda / Divulgação

atualizado 01/08/2019 18:22

Envolvido em escândalo de traição, André Marinho usou as redes sociais para se pronunciar pela primeira vez, nesta quinta-feira (01/08/2019). O ex-Broz admitiu a infidelidade e, embora tenha pedido desculpas à ex-mulher, Drika, afirmou que somente Deus pode julgá-lo.

“A vida é feita de erros e acertos, já vi muitas pessoas passarem por uma situação difícil e se reerguerem de maneira honrosa. Agora é a minha vez! Assumo meus erros e peço desculpas a minha família, meus amigos e fãs por toda essa triste exposição, mas só Deus pode julgar e sei que não sou perfeito”, escreveu o cantor.

“Lamento por ter desapontado aos que me amam e que eu também amo profundamente. Sigo com a minha escolha de resolver internamente esse assunto familiar, mas senti a necessidade de me posicionar publicamente sobre o ocorrido, por respeito a todos que estão direta e indiretamente envolvidos comigo nesse momento”, disse ainda.

Por fim, Marinho refletiu: “A cobrança pode ser muitas vezes cruel, mas é preciso ser forte para lidar com as consequências dos nossos atos, sejam eles certos ou errados. Hoje só tenho a certeza de que vou seguir em frente, eu não vou parar e nem desistir, até porque só o amor constrói”.

Ao se deparar com a postagem do ex — com quem esteve recentemente no Power Couple Brasil —, Drika se revoltou. “Você sempre querendo ficar em cima do muro, mesmo nesse momento. Você deveria dar valor à família e às pessoas que verdadeiramente te amam”. Marinho deletou o comentário dela.

 

Ver essa foto no Instagram

 

#IMPORTANTE – A vida é feita de erros e acertos, já vi muitas pessoas passarem por uma situação difícil e se reerguerem de maneira honrosa. Agora é a minha vez! Assumo meus erros e peço desculpas a minha família, meus amigos e fãs por toda essa triste exposição, mas só Deus pode julgar e sei que não sou perfeito. Lamento por ter desapontado aos que me amam e que eu também amo profundamente. Sigo com a minha escolha de resolver internamente esse assunto familiar, mas senti a necessidade de me posicionar publicamente sobre o ocorrido, por respeito a todos que estão direta e indiretamente envolvidos comigo nesse momento. A cobrança pode ser muitas vezes cruel, mas é preciso ser forte para lidar com as consequências dos nossos atos, sejam eles certos ou errados. Hoje só tenho a certeza de que vou seguir em frente, eu não vou parar e nem desistir, até porque SÓ O AMOR CONSTRÓI… – ❤️ André Marinho

Uma publicação compartilhada por ANDRÉ MARINHO (DEZINHO) (@andremarinho_) em

SOBRE O AUTOR
Saullo Brenner

Integrante da equipe do portal desde agosto de 2017, atua como repórter e social media. É autor do livro A Confissão de Palomino, publicado em 2019 pela Editora Metrópoles, e foi finalista do Prêmio Abracopel, na categoria Internet, em 2018.

Últimas notícias