Adriane Galisteu tem WhatsApp invadido e hacker aplica golpes

Apresentadora usou as redes sociais para alertar contatos sobre tentativas de golpe. Amiga pode ter depositado R$ 10 mil para criminoso

Reprodução/InstagramReprodução/Instagram

atualizado 09/10/2019 20:11

Adriane Galisteu levou um susto ao perceber que o seu WhatsApp foi invadido por hackers. Nas redes sociais, a apresentadora relatou o ocorrido e alertou seguidores sobre mensagens que estão sendo enviadas em seu nome – algumas pedindo depósitos em dinheiro.

“Tem uma pessoa se passando por mim, pedindo dinheiro, informações. Por favor, não respondam. Que coisa absurda, né? Tô louca aqui, com uma raiva que vocês nem imaginam”, afirmou nos Stories.

 

Ver esta publicação no Instagram

 

‪⚠️ Se alguém receber mensagens minhas no WhatsApp, não responda! ‬ Assim que tudo se resolver, aviso todos vocês! Obrigada 💋

Uma publicação partilhada por Adriane Galisteu 🅰️ ✚ (@galisteuoficial) a

O promoter David Brazil foi um dos amigos de Galisteu que receberam mensagens estranhas do hacker. Ele postou uma captura da tela de seu celular.

“Queira [sic] te pedir um favor. Usa Banco do Brasil pelo aplicativo do celular ou do computador?”, pergunta o hacker a David. “Não. Mas a Flávia [Costa, jornalista] tem. Amor, chama ela. Beijos, saudade”, responde o promoter. “Pede para ela falar comigo”, insiste o criminoso. Ao perceber o que estava acontecendo, David alertou a amiga. “Corre aqui, @galisteuoficial. Reage, anda, antes que Leo Dias e Flávia Costa caiam no golpe.”

Galisteu está viajando com o marido, Alexandre Iódice, e o filho, Vittorio, pelo Deserto do Atacama, no Chile, mas fez uma pausa para participar do programa Se Joga, da Rede Globo, e contar o que aconteceu. Segundo a apresentadora, uma amiga pode ter caído no golpe e feito um depósito de R$ 10 mil reais para o criminoso.

SOBRE O AUTOR
Ranyelle Andrade

Jornalista formada pela Universidade Estácio de Sá de Brasília. Antes do Metrópoles, trabalhou na redação do Clica Brasília. Foi assessora de imprensa do Iguatemi Brasília e do Restaurante Gero, do Grupo Fasano, além de ter integrado a equipe de jornalismo do Ministério do Desenvolvimento Agrário e coordenado a comunicação da Federação Nacional dos Policiais Federais.

Últimas notícias