Ludmilla grava DVD de pagode e diz: “Falta voz feminina em todas as áreas”

Em novo projeto, cantora invade universo dominado pelos homens e mostra que seu talento está nos mais diversos estilos

atualizado 25/11/2020 15:59

Ygor Marques/ Divulgação

Ludmilla gravou, nesta quarta-feira (25/11) o projeto audiovisual de seu EP de pagode chamado Numanice. Tudo embalado pela beleza do Pão de Açúcar, no Rio de Janeiro.

“Vim da favela e comecei a ter que me acostumar com todos os ambientes. Quando subi neste bondinho, com o Pão de Açúcar fechado para meu projeto, me emocionei e pensei: olha aonde que cheguei. É a realização de um sonho”, disse à coluna, que acompanhou as gravações.

0

Fã do ritmo, Lud disse ter escolhido a dedo as participações de amigos no DVD. “Thiaguinho, Bruno Cardoso e Dipropósito estão comigo neste projeto. Escolhi cada música que ia cantar com eles. Sou fã deles e estou muito feliz”.

A cantora fez questão de falar da importância de ter mulheres cantando pagode. “Falta voz feminina em todas as áreas. No pagode, então, falta demais da conta. Outro dia, Luiza Sonza gravou com Dilsinho. Temos que dar mais voz as mulheres. Não adianta falar na internet que está junto, tem que estar junto mesmo”

Últimas notícias