A verdadeira história de amor que transformou a vida de Vanessa da Mata

Após ouvir a profecia de que teria três filhos, a cantora adotou três crianças em um orfanato

Vanessa da MataDivulgação

atualizado 06/06/2020 8:20

O tipo de jornalismo que esta coluna se especializou em fazer é considerado por muitos banal e pueril. De fato, eu nunca escrevi um texto sequer com a intenção de mudar a história da humanidade. Fofoca é, por si só, pouco relevante. Admito.

Mas em momentos como este que estamos vivendo, a fofoca pode ser um alento, um escapismo necessário em meio a tantas notícias ruins e a uma realidade ainda pior. Eu queria neste texto relatar algo, de fato, relevante sobre uma celebridade que surgiu na nossa coluna nos últimos dias: Vanessa da Mata.

Ignore o que noticiamos esta semana. Agora eu vou contar a maior e mais importante história de amor recíproco envolvendo a cantora. Em 2000, uma amiga de Vanessa fez uma brincadeira de previsão do futuro usando um pêndulo. Ela disse que a cantora seria mãe de trigêmeos. Vanessa caiu na risada, pois nunca priorizou a maternidade em sua vida.

Dez anos depois, na época casada com o ator Gero Pestalozzi, a mato-grossense volta a seu estado de origem para visitar um orfanato onde faria doações. A instituição fica em uma cidade chamada Alto Araguaia, bem próxima a Alto Garças, onde Vanessa nasceu há exatos 44 anos. A cantora imediatamente se conectou com uma menina que morava no tal orfanato: Bianca, de 5 anos.

0

Segundo o Conselho Nacional de Justiça, quase 60% das pessoas que querem adotar uma criança, exigem que a idade limite seja de 3 anos. Apenas 5% estão dispostos a adotar uma criança acima dos 8 anos de idade. Mas o coração de Vanessa é tão nobre que essas estatísticas foram para as cucuias.

No momento em que deixava o orfanato, Bianca diz para a futura mãe: “Não vai, não.” E Vanessa ficou para sempre na vida da menina. Mas no momento de adotar Bianca surge uma questão que a Justiça considera primordial. A menina tinha dois irmãos: Felipe, de 6 anos, e Micael, de 8 anos. As autoridades brasileiras não costumam separar irmãos na hora da adoção.

Assim, Vanessa decidiu de uma só vez, ser mãe de três crianças mato-grossenses. A cantora conquista a guarda definitiva dos três justamente no Dia das Mães. A adoção está no DNA da família de Vanessa da Mata.

Sua avó teve sete filhos biológicos e vinte adotivos. Isso mesmo: 20! Mesmo nunca tendo cogitado ser mãe, Vanessa sabia, no fundo, que a adoção seria um marco em sua vida. E foi. Aos amigos, ela relatou as diferentes reações dos mais próximos ao saberem da tripla adoção.

Enquanto os amigos brasileiros a criticaram por tal atitude fora do comum, os estrangeiros celebraram os três filhos com um jantar. Hoje, Felipe e Micael moram na Europa com o pai. E a conexão entre Bianca e Vanessa continua mais forte do que nunca. Elas seguem juntas.

Relendo as notas sobre Vanessa publicadas nesta semana na Coluna Leo Dias, a gente percebe como tais informações são insignificantes perto desta verdadeira história de amor da vida da cantora.

Agora, caro leitor, fofoqueiro nato como este colunista que vos escreve, espalhe essa história de Vanessa da Mata por aí. Essa fofoca precisa proliferar. Que Vanessa sirva de inspiração e exemplo para o mundo.

Últimas notícias