*
 
 

Pré-candidato ao Palácio do Buriti pelo Partido da República (PR), o médico Jofran Frejat reclamou da postura de “aliados” ao ameaçarem disputar o comando do governo do DF. De acordo com o ex-secretário de Saúde, em conversa com a coluna nesta segunda-feira (26/2), o pacto firmado com o grupo mais próximo dele seria o lançamento do nome em melhor posição nas pesquisas eleitorais. Mas, conforme informou o político, não é isso que estaria ocorrendo.

“O que vemos é que cada um está indo por um caminho. Isso é descumprimento do acordo selado. Se faz isso agora, imagina quando for governador?”, questionou. Embora Frejat não tenha citado nomes, o recado é destinado ao ex-deputado distrital Alírio Neto (PTB) e ao deputado federal Alberto Fraga (DEM). Ambos mantêm posturas de pré-candidatos à sucessão de Rodrigo Rollemberg (PSB).

Para Frejat, as eleições nem bem começaram e o “fogo amigo” já tem incomodado bastante. “Tenho orado muito. Vamos precisar de proteção”, avaliou.

Sobre os rumores de possível rompimento com o ex-governador José Roberto Arruda(PR), Frejat é categórico ao dizer que tudo não passa de boato: “Arruda é meu amigo e torce por mim”.

 



GDFeleições 2018Palácio do Buritijofran frejat
 


COMENTE

Ler mais do blog