Candidato que mora em Miami quer ser deputado federal pelo DF

Antes de tentar uma cadeira no Congresso Nacional, Luis Miranda (DEM) desabafou na internet: "O brasileiro não sabe escolher e nunca soube"

ReproduçãoReprodução

atualizado 14/09/2018 9:58

Candidato a deputado federal pelo DF, o empresário Luis Miranda (DEM) terá de fazer uma longa ponte aérea caso seja eleito. Isso porque, há quatro anos, o pretenso político mora em Miami, nos Estados Unidos. A distância do eleitorado, contudo, não é problema, diz o empreendedor, dono de locadora de carros de luxo.

Com patrimônio declarado de mais de R$ 7 milhões, o candidato – que também é youtuber – considera a internet o melhor meio de comunicação para conseguir contato com os eleitores do DF.

Ainda assim, Miranda chegou ao Brasil nessa quarta-feira (12/9) para dar início ao corpo a corpo com os eleitores do DF. Ele acredita que os 600 mil seguidores do Distrito Federal, conforme diz ter, serão determinantes para o sucesso na empreitada.

“Hoje, o eleitor está conectado full time na internet, e vocês provavelmente me acharam por causa dela. É assim que vou chegar ao meu eleitorado. Não conheço a palavra derrota. Nunca entrei em nada para perder. Tenho certeza de que chegarei à Câmara dos Deputados”, afirmou.

Luis Miranda conta que se mudou do Brasil há quatro anos, no momento considerado por ele como de “falência econômica”. Revoltado com a política brasileira, o candidato procurou abrigo nos Estados Unidos.

“Deixei o país naquela onda de indignação, quando previ que Dilma Rousseff (PT) seria reeleita e afundaria o Brasil mais ainda. Apesar disso, tenho uma residência no Guará e, desde então, mantive meu domicílio eleitoral no DF”, pontuou.

Em vídeo gravado para as redes sociais, no qual ostenta carros de luxo, entre eles um Mustang e uma Lamborghini, Miranda afirma que “o brasileiro não sabe e nunca soube” escolher os políticos.

O postulante diz encontrar pessoas nos Estados Unidos que “choram” de alegria pelo fato de ele tê-las ensinado a empreender no país norte-americano. Apesar da popularidade no YouTube, há quem o classifique de “pilantra” nas redes sociais, como é o caso do também youtuber Mauro Cavanha, brasileiro. Os ataques geraram confronto judicial e o desafeto de Miranda acabou condenado, em caráter liminar, a retirar um dos vídeos do ar.

Projeto ameaçado
Apesar da disposição em ser um dos oito representantes do DF na Câmara dos Deputados, Luis Miranda pode ter o sonho ameaçado. O Ministério Público Eleitoral (MPE-DF) impugnou a candidatura do empresário por condenação pela prática dolosa de crime contra administração da Justiça – o mesmo que denunciação caluniosa.

Miranda rebate e diz ser vítima de perseguição por ter declarado abertamente, aos seus milhares de seguidores, oposição ao PT quando deixou o país. “Fui vítima de um acidente de carro em 2014, mas me transformaram em criminoso. É um fato que já venci na Justiça e, mesmo assim, tentam reviver a notícia”, disse ao Metrópoles.

SOBRE O AUTOR
Caio Barbieri

Cursou jornalismo no Centro Universitário de Brasília (UniCeub). Passou pelas redações do Correio Braziliense, Agência Brasil, Rádio Nacional e foi editor-adjunto da Tribuna do Brasil. Ocupou a assessoria especial no Ministério da Transparência e foi secretário-adjunto de Comunicação do GDF. Chefiou o relacionamento com a imprensa na Casa Civil, Vice-Governadoria, Secretaria de Habitação e na Secretaria de Turismo do DF. Fez consultoria para vários partidos, entidades sindicais e políticos da Câmara Legislativa e do Congresso Nacional. Assina a coluna Janela Indiscreta do Metrópoles e cobre os bastidores do poder em Brasília.

Últimas notícias