*
 
 

Fora do cenário político desde as eleições de 2014, quando perdeu a disputa por uma cadeira na Câmara dos Deputados, Cabo Patrício deixou o PT para se filiar, nesta quinta-feira (5/4), ao PDT. Ex-presidente da Câmara Legislativa, ele tentará voltar à Casa com “novo” nome: agora, só Patrício.

A mudança de legenda foi acertada entre o ex-parlamentar, o presidente regional do PDT, Georges Michel, e o chefe do Legislativo local, Joe Valle, pré-candidato ao Palácio do Buriti. “Foi uma conversa discreta, na própria sede do partido, apenas com os dois. Essa é a hora de se montar a nominata, e somente depois anunciar alianças para as disputas majoritárias”, disse Patrício.

Na terça-feira (3), o ex-distrital deixou o PT, partido no qual ficou por quase 30 anos. Na eleição passada, depois de passar dois anos na presidência da Câmara Legislativa, Patrício chegou a falar para pessoas próximas que se sentiu abandonado durante a campanha. Desde então, afastou-se das atividades partidárias.

O PDT já havia recebido, nesta quarta-feira (4), o deputado distrital Cláudio Abrantes. Ele estava sem partido havia um ano, desde que deixou a Rede Sustentabilidade por discordar do apoio da legenda ao governo de Rodrigo Rollemberg (PSB).



 


PDT