*
 
 

No dia do aniversário de 34 anos do Arquivo Público do Distrito Federal (APDF), pelo menos 12 servidores do órgão que preserva a história da capital da República decidiram comemorar a data de uma maneira altruísta. Eles foram ao Hemocentro, nesta quinta-feira (14/3), para doar sangue e pedir a inclusão dos nomes no cadastro de doadores de medula óssea.

O superintendente do APDF, Thales Mendes Ferreira (foto abaixo), também aderiu à campanha. Para ser doador, o cidadão precisa ter entre 16 e 69 anos de idade, pesar mais de 51 quilos, não estar fazendo uso de medicamentos, apresentar documento oficial com foto, ter dormido pelo menos seis horas na noite anterior à doação, não ter ingerido bebida alcoólica 12 horas antes do ato e não ter fumado há pelo menos duas horas antes da doação.

Imagem cedida ao Metrópoles

Superintendente do APDF aderiu ao movimento de doação de sangue



 


hemocentrodoação de sangueapdf