*
 
 

Enquanto petistas por todo o país estão adotando em seus nomes o “Lula” em apoio ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), preso no último sábado (7/4), o distrital Lira (PHS) fez troça do movimento. Após a bancada do Partido dos Trabalhadores na Câmara Legislativa anunciar adesão ao ato dos correligionários, deputado disse que vai incluir, em sua designação política, sobrenomes da família real brasileira e do juiz federal Sérgio Moro.

Conhecido por defender a volta da monarquia ao poder no Brasil, o deputado declarou, nessa quarta-feira (11), que quer ser tratado por “Lira Moro de Orleans e Bragança” a partir de agora. A novidade foi uma brincadeira com os deputados Ricardo Vale e Chico Vigilante, em virtude de eles terem anunciado a adoção do sobrenome do líder do PT.

“Se eles podem ser chamados de Lula da Silva, por que não posso acrescentar Moro Bragança de Orleans?”, questionou Lira, aos risos.

Não levou mais do que poucos minutos para o distrital se tornar piada entre os colegas e nos aplicativos de mensagens. A brincadeira foi levada com bom humor pelo parlamentar, que sorriu ao ver sua imagem com a coroa.

Whatsapp Lira

 

Título de cidadão
Lira já tentou homenagear, com o título de cidadão honorário de Brasília, os príncipes dom Luiz Gastão Maria José Pio Miguel Gabriel Rafael Gonzaga de Orleans e Bragança e Wittelsbach e dom Bertrand Maria José Pio Januário Miguel Gabriel Rafael Gonzaga de Orleans e Bragança. O plenário acabou rejeitando o pedido do político.