Apoiado por Huck, RenovaBR abre inscrições para a “nova política”

Programa visa treinar interessados em ocupar cargos públicos nas eleições municipais de 2020. Candidatos serão selecionados pelo grupo

ReproduçãoReprodução

atualizado 02/04/2019 18:16

Queridinho entre os defensores da “nova política”, o movimento RenovaBR começa a se preparar para as eleições municipais de 2020. O programa abriu inscrições nesta terça-feira (2/4) para curso direcionado a quem quiser se candidatar a vereador ou a prefeito, assim como para aqueles que desejam atuar em cargos técnicos do setor público. Um dos apoiadores do projeto é o apresentador Luciano Huck.

A seleção, que vai até 15 de maio, será feita por meio de análise de currículo e do histórico de atuação política. Os candidatos terão de responder a três testes on-line – atualidades, posicionamento político e raciocínio lógico –, além de gravar um vídeo sobre as realizações e motivações para entrar na vida pública. O resultado final do processo seletivo será divulgado em julho.

“Elaboramos um modelo de formação que permite a capacitação de cidadãos de todas as regiões do país. Vamos selecionar pessoas comprometidas, ficha limpa e que acreditem que existe uma nova forma de fazer política. Não importa a orientação partidária do candidato, o que é relevante é a atuação em alto nível, a capacidade de diálogo e o compromisso com o dinheiro público”, disse Eduardo Mufarej, fundador do RenovaBR.

Como critérios de triagem, o movimento exige que o postulante seja ficha limpa, sem antecedentes criminais. O formato do curso será on-line e em multiplataforma. As aulas começam em agosto de 2019 e terão quatro meses de duração.

Valor simbólico
Para se inscrever, o selecionado terá que investir um valor simbólico de R$ 200, que será integralmente devolvido na conclusão do curso. Para isso, será necessário assistir a todas as aulas, concluir 100% dos exercícios e entregar o trabalho final. Como as vagas são limitadas, a intenção é fortalecer o vínculo dos alunos com o programa, apostando em uma corresponsabilidade.

Os escolhidos vão estudar temas relacionados ao desenvolvimento pessoal, à comunicação política e aos desafios dos municípios. As aulas incluem ética e liderança, como organizar uma campanha, saúde e educação pública, finanças, ocupação do solo, entre outras.

SOBRE O AUTOR
Caio Barbieri

Cursou jornalismo no Centro Universitário de Brasília (UniCeub). Passou pelas redações do Correio Braziliense, Agência Brasil, Rádio Nacional e foi editor-adjunto da Tribuna do Brasil. Ocupou a assessoria especial no Ministério da Transparência e foi secretário-adjunto de Comunicação do GDF. Chefiou o relacionamento com a imprensa na Casa Civil, Vice-Governadoria, Secretaria de Habitação e na Secretaria de Turismo do DF. Fez consultoria para vários partidos, entidades sindicais e políticos da Câmara Legislativa e do Congresso Nacional. Assina a coluna Janela Indiscreta do Metrópoles e cobre os bastidores do poder em Brasília.

Últimas notícias