Renner lança podcast sobre moda e comportamento no Spotify

Com o tema Moda Responsável, o primeiro episódio, que teve a participação de Giovanna Nader e André Carvalhal, já está disponível

atualizado 08/08/2020 16:14

Orelha com fone de ouvido branco no ouvido Illustration by Ian Waldie/Getty Images

Os podcasts são interessantes pelo fato de que o usuário pode acessar o conteúdo de onde e quando quiser. Na moda, o formato já se tornou algo comum. As marcas usam como instrumento para garantir mais proximidade e conexão com os consumidores. De acordo com o levantamento Podcast Stats Soundbites, divulgado no fim do ano passado, o Brasil já é o segundo país que mais consome esse tipo de conteúdo. Sabendo disso, a Renner decidiu entrar na onda e lançou o programa Fashion Talks, no Spotify.

Vem comigo saber mais!

Giphy/Renner Fashion Talks/Spotify/Reprodução

 

O podcast foi criado para discutir diferentes temas. O foco será em moda, comportamento e sustentabilidade. O objetivo é garantir um espaço para diálogo, proporcionando que os ouvintes tirem suas próprias conclusões.

A cada episódio, serão convidados especialistas e personalidades engajadas no assunto proposto. Os participantes conversarão com representantes da companhia. “O conteúdo e o formato inovador da plataforma fortalecem a cumplicidade com os nossos clientes”, destacou Maria Cristina Merçon, diretora de marketing corporativo da Renner.

“Nosso propósito é encantar nossos clientes, superando suas expectativas. Por isso, aprimoramos constantemente suas experiências com a Renner, independentemente do canal que eles escolherem para se relacionar com a marca”, acrescentou a executiva, em comunicado.

Fone de ouvido
O Brasil é o segundo país que mais consome podcasts no mundo, segundo a pesquisa Podcast Stats Soundbites

 

Vitrine de uma loja da Renner
A Renner decidiu explorar novo formato de comunicação

 

Celular com logomarca do Spotify e fones de ouvido
O Renner Fashion Talks foi lançado no Spotify

 

Podcast da Renner no Spotify
O programa já tem o episódio de estreia disponível

 

O primeiro episódio já está disponível no Spotify. Para debater sobre o tema moda responsável, foram convidados André Carvalhal, que é escritor, estilista, consultor e especialista em marketing para sustentabilidade; e a apresentadora, podcaster e cofundadora do festival Projeto Gaveta, Giovanna Nader.

Junto a eles, o gerente sênior de sustentabilidade da Renner, Eduardo Ferlauto, e a gerente de estilo da empresa, Emilene Galende. Na conversa, foram discutidas questões para um caminho mais ético, ecofriendly e justo na indústria fashion.

“Nesta primeira edição, aproveitamos a chegada da nova coleção do Re Jeans, um dos marcos entre os produtos que levam o Selo Re – Moda Responsável da Renner, para celebrar mais esse importante canal de comunicação digital, uma tendência forte quando falamos de conteúdo qualificado”, afirmou Maria Cristina Merçon.

Giovanna Nader e André Carvalhal usando jeans
Giovanna Nader e André Carvalhal foram os primeiros convidados da iniciativa

 

André Carvalhal
André Carvalhal é quem introduz o primeiro episódio do Renner Fashion Talks

 

Giovanna Nader
Giovanna Nader também é apresentadora do Se Essa Roupa Fosse Minha, no canal GNT

 

Modelo usando roupas jeans
Um dos focos do podcast é a sustentabilidade na moda

 

Modelo usando roupas jeans
Recentemente, a Renner lançou a coleção Re Jeans

 

Modelo usando roupas jeans
As peças da Re Jeans são recicladas e recicláveis

 

Modelo usando roupas jeans
“Comparando com um jeans normal, o Re Jeans tem 45% menos impacto ambiental em todo o seu ciclo de vida”, explicou a Renner

 

Renner

Fundada em 1965, a Lojas Renner S.A. inclui as marcas Renner; Camicado, empresa do segmento de casa e decoração; Youcom, focada em moda jovem; e ASHUA Curve & Plus Size, que oferece roupas nos tamanhos de 46 a 54.

Atualmente, a companhia tem cerca de 600 lojas abertas. No fim do ano passado, a Renner desembarcou em solo argentino com quatro pontos físicos. A label também está presente no Uruguai. O processo de internacionalização segue como uma meta.

 

Colaborou Rebeca Ligabue

Últimas notícias