Pharrell Williams e Adidas lançam campanha por igualdade de gênero

A marca esportiva e o cantor norte-americano reuniram mulheres de diferentes origens e profissões, que lutam em busca de mudanças positivas

atualizado 28/08/2019 10:16

Divulgação/Adidas Originals

Não é novidade que Pharrel Williams virou um ícone fashion e sempre está ligado ao mundo da moda. Neste ano, depois de criar uma linha urbana para a Chanel, o rapper preparou mais uma collab com a Adidas Originals. A parceria rendeu a campanha Now Is Her Time (agora é a hora delas, em tradução livre), em prol da igualdade de gênero.

Vem comigo saber mais!

 

O protagonismo no feminismo é das mulheres, mas os homens também devem participar do processo de desconstrução do machismo e de práticas opressivas. Para contribuir com a luta por equidade de gênero, Pharrell Williams reuniu várias perspectivas e histórias de vida.

Fotografada por Collier Schorr, a nova colaboração do cantor com a Adidas Originals é contada a partir do ponto de vista de mulheres de diferentes origens. Elas aparecem usando peças da coleção para levantar as próprias bandeiras, ligadas à diversidade, ao empoderamento feminino e à inclusão.

Uma das convidadas é Patrisse Cullors, cofundadora do movimento Black Lives Matter, que atua contra a violência direcionada a pessoas negras. “Uma voz empoderada soa como falar mesmo quando sua voz está falhando. Falar mesmo quando você está assustada e com medo. Falar mesmo quando todos os outros disseram que você não deveria estar falando”, afirmou a ativista.

Entre as participantes, também estão Nadya Okamoto, líder da organização sem fins lucrativos Period, criada para quebrar tabus em relação à menstruação; Tyra Mitchell, fundadora do projeto Art Mom, que discute maternidade; a cineasta e ativista pelos direitos humanos Sana Azim; as modelos Sara Cummings e Kadija Diawara; e as bailarinas Sheena Cain e Sophia Parker.

Outra voz com destaque na campanha é a da cantora e compositora Syd. Ela ressaltou que há anos as mulheres enfrentam batalhas diárias por direitos. “Eu influencio a raça humana a olhar para mim como um ser humano primeiro. E uma artista, produtora, criativa, qualquer que seja minha carreira, em segundo lugar”, disse.

“Uma voz empoderada soa muito forte e alta, não é uma voz calma”, completou a brasileira Isabela Rangel Grutman, da organização filantrópica Style Saves. Com base em Miami, nos Estados Unidos, ela arrecada doações para ajudar crianças carentes a estudar. 

Divulgação/Adidas Originals
“Anônima”: “Empoderamento não é pedir desculpas pelo modo como você se defende”, disse Sara Cummings

 

Divulgação/Adidas Originals
“Implacável”

 

Divulgação/Adidas Originals
“Protótipo”: Sophia Parker admite que é preciso reconhecer fraquezas para lutar

 

Divulgação/Adidas Originals
“Americana”: Kadija Diawara declarou que usar hijab é fortalecedor e reafirma a própria identidade

 

Divulgação/Adidas Originals
“Sangramento”: Nadya Okamoto lembrou que o feminismo é um movimento que busca igualdade

 

Divulgação/Adidas Originals
“Deusa”

 

Divulgação/Adidas Originals
“Criadora”: “Empodero minhas filhas dando um bom exemplo”, disse Isabla Rangel Grutman

 

Divulgação/Adidas Originals
“Normal”

 

Divulgação/Adidas Originals
“Futuro”

 

Pharrel Williams classifica a ação como uma oportunidade de agradecer as mulheres pelo histórico na sociedade. “Agora é a minha hora de demonstrar gratidão”, destacou o rapper nas redes sociais

Outros homens apoiadores também estão no projeto, como o tecnólogo e arquiteto Iddris Sandu; o surfista Kealamakia Naihe; e o ator Reggie Yates.

Divulgação/Adidas Originals
“Guardião”: “Igualdade vem quando as pessoas derrubam barreiras”, opinou Kealamakia Naihe

 

Divulgação/Adidas Originals
“Livre”: “Igualdade vem quando nós escutamos, quando nós agimos”, afirmou Reggie Yates

 

Divulgação/Adidas Originals
“Executivo”: “Eu acho que uma voz poderosa soa como uma voz que se move com a força da comunidade, de uma tribo, e, geralmente, da humanidade. Agora é nossa hora de igualar o campo de jogo”, acrescentou Iddris Sandu

 

As peças da Now Is Her Time são unissex. A coleção desenvolvida por Pharrel Williams com a Adidas Originals inclui roupas e calçados, também em versões infantis.

Entre os itens, estão os modelos de tênis Solar HU, NMD e BYWm, além de chinelos slide e papetes. Algumas peças carregam nas estampas palavras de motivação, como “empatia”, “calma” e “gratidão”.

Divulgação/Adidas Originals
A coleção Now Is Her Time engloba clássicos da Adidas reinventados

 

Divulgação/Adidas Originals
Alguns itens foram estampados com palavras que estão associadas ao empoderamento feminino

 

Divulgação/Adidas Originals
Na paleta de cores, tons inéditos

 

A coleção será lançada oficialmente neste sábado (31/08/2019). Ainda não há previsão de chegada ao Brasil.

Colaborou Rebeca Ligabue

Últimas notícias