Modelo de 9 anos rouba a cena ao desfilar com próteses em Nova York

A britânica Daisy-May Demetre chamou atenção na apresentação da marca Lulu et Gigi, no último domingo (08/09/2019)

Reprodução/Instagram/@daisymay_demetre

atualizado 14/09/2019 8:39

A pequena Daisy-May Demetre é uma modelo britânica de 9 anos. Com próteses nas duas pernas, foi a primeira criança duplamente amputada a desfilar durante a Semana de Moda de Nova York, segundo a grife Lulu et Gigi. Ela é embaixadora da marca de luxo infantil que se apresentou pelo evento New York Fashion Week powered by Art Hearts Fashion. A novidade repercutiu em jornais internacionais, como CNN, BBC e CBS News. Apesar de muito nova, Daisy-May tem várias conquistas para comemorar.

Vem comigo saber mais!

A garota acumula trabalhos para grandes marcas, como Nike, River Island e Boden, e cruzou a passarela da London Kids’ Fashion Week pela primeira vez aos 7 anos. Daisy-May também desfilará para a Lulu et Gigi durante a Semana de Moda de Paris, de acordo com a própria marca.

Eni Hegedus-Buiron, fundadora da grife, disse à imprensa internacional que ela será a primeira criança amputada a desfilar na fashion week parisiense. A estilista a conheceu em Londres, quando acompanhou o LKFW. O perfil da garota no Instagram ultrapassa os 21 mil seguidores. Sua irmã de 11 anos, Ella Demetre, também é modelo e desfilou para a marca.

Arun Nevader/Getty Images for Art Hearts Fashion via Getty Images
A garota britânica Daisy-May Demetre desfila para a Lulu et Gigi no último domingo (08/09/2019). Segundo a marca, ela foi a primeira criança duplamente amputada a cruzar a passarela do NYFW

 

Arun Nevader/Getty Images for Art Hearts Fashion via Getty Images
Daisy-May ao lado de Eni Hegedus-Buiron, fundadora da marca, que a descobriu no London Kids’ Fashion Week

 

Vale dizer que o desfile não fez parte do calendário oficial do NYFW, organizado pelo Conselho de Designers de Moda da América (CFDA). O show foi realizado pela plataforma Art Hearts Fashion, voltada para designers e artistas apresentarem suas coleções “em um ambiente de semana de moda contemporânea”, segundo as informações do site.

Fundada pelo estilista e filantropo Erik Rosete em 2011, a iniciativa hospedou apresentações de mais de 30 marcas entre os dias 5 e 8 deste mês em Nova York – incluindo a brasileira Carmen Steffens.

Reprodução/Instagram/@daisymay_demetre
Daisy-May só tem 9 anos, mas já realizou bastante na carreira de modelo. Nesta foto, posou para a marca River Island, com sede em Londres

 

Reprodução/Instagram/@daisymay_demetre
Daisy-May Demetre teve as duas pernas amputadas abaixo dos joelhos aos 18 meses de vida

 

Barcroft Images / Barcroft Media via Getty Images
Daisy-May é contratada pela agência Zebedee Management, que trabalha com modelos com deficiência

 

Reprodução/Instagram/@daisymay_demetre
Foto de um trabalho para a Nike

 

Reprodução/Instagram/@daisymay_demetre
Esta outra é para a marca Panda London

 

Daisy-May nasceu na cidade de Birmingham, na Inglaterra, e teve as duas pernas amputadas abaixo do joelho ainda aos 18 meses de vida. O motivo foi uma condição congênita chamada hemimelia fibular, que afeta um dos ossos da perna.

No caso dela, a fíbula era muito pequena em uma perna e não existia na outra. Por causa disso, seus pés não se desenvolveram bem, o que afetaria seu equilíbrio e mobilidade.

A cirurgia foi uma decisão dos pais para evitar os efeitos da má-formação de nascença. Desde a operação, ela usa próteses.

Barcroft Images / Barcroft Media via Getty Images
Foto de Daisy-May ainda bebê, com a condição congênita nas pernas

 

Barcroft Images / Barcroft Media via Getty Images
A garotinha britânica teve as pernas amputadas abaixo dos joelhos ainda aos 18 meses

 

Alex Demetre / Barcroft Images / Barcroft Media via Getty Images
A ideia da pequena começar a carreira de modelo partiu do pai, Alex Demetre

 

Se engana quem acha que isso a impediu de ter uma vida como a das outras crianças. Depois de um tempo, ela corria, pulava e nadava como as outras meninas de sua idade.

A oportunidade na carreira de modelo foi ideia do pai, Alex Demetre, quando teve conhecimento da agência Zebedee Management por meio de um anúncio na TV. A empresa se dedica a gerir a carreira de modelos com deficiência.

Orgulhoso, ele contou à CBS News que a filha enfrenta desafios que os médicos disseram que ela nunca poderia fazer. A própria cidade de Daisy-May a homenageou como Child of Courage (Criança de coragem, em tradução livre) pelo Pride of Birmingham Awards.

Reprodução/Instagram/@daisymay_demetre
As próteses permitem que ela faça as mesmas atividades que as crianças com a mesma idade

 

Reprodução/Instagram/@daisymay_demetre
Ela pula e se diverte

 

Reprodução/Instagram/@ellademetre
Daisy-May (9 anos) e a irmã Ella, de 11 anos, com o pai, Alex Demetre

 

Felizmente, as marcas e eventos de moda têm caminhado rumo à diversidade. A marca Chromat, referência no assunto, levou crianças e modelos de várias cores e corpos para a passarela do NYFW – inclusive uma modelo grávida.

 

Colaborou Hebert Madeira

Últimas notícias