Fundação Prada abre as portas para tour digital devido à Covid-19

A visita guiada pode começar pelo acervo de obras. É possível conhecer a história da instituição e até explorar as exposições mais recentes

Fundação PradaFondazione Prada/Reprodução

atualizado 27/03/2020 21:41

Diversos museus espalhados pelo mundo estão bloqueando o acesso ao público, em colaboração à contenção do coronavírus. A Fundação Prada seguiu o fluxo e anunciou, no início do mês, que encerraria temporariamente as atividades em Milão, na Itália. No entanto, isso não significa que não é mais possível fazer visitas, mas apenas as digitais. Com o objetivo de oferecer uma experiência virtual de aprendizado e conhecimento aos que estão em isolamento social, desde o dia 18 de março, o espaço italiano abriu as portas para a web.

Vem comigo saber mais! 

@fondazioneprada/Instagram/Reprodução

Reconhecido como palco para o lançamento das últimas coleções de Miuccia Prada, a instituição se prepara para receber o público digitalmente por meio do site e mídias sociais. Uma ótima oportunidade também para os brasileiros que tinham vontade de conhecer o local, mas não podiam viajar até lá, em tempos de normalidade.

A iniciativa é uma maneira alternativa para todos terem acesso, de forma gratuita, às exposições de arte e cultura contemporânea e fazerem um tour virtual pelas três principais mostras lançadas recentemente.

Para auxiliar o período de crise, a fundação mergulha nos arquivos e oferece uma oportunidade de estudo e análise a quem frequenta assiduamente o espaço, aos entusiastas da arte e aos que ainda não tiveram a oportunidade de visitar o edifício pessoalmente.

Fundação Prada
Uma das últimas instalações da fundação antes do museu fechar as portas ao público

 

Fundação Prada
Quem se interessar, pode conferir a mostra pelo site ou Instagram

 

Fundação Prada
Retratos pintados pela artista chinesa Liu Ye

 

Fundação Prada
Cultura a distância

 

“Com o objetivo de transformar um período de crise em uma oportunidade de estudo e análise, experimentamos novas maneiras de operar e comunicar”, informou a instituição em nota oficial. “Sem uma audiência física, é essencial criar novos idiomas para não permanecer em silêncio.”  

Durante as próximas semanas, novos formatos serão explorados pela Fundação Prada, além do acesso às exibições on-line das coleções. Os passeios serão guiados pelo site e em hashtags nas redes sociais. “É uma plataforma flexível para testar novos códigos e aprimorá-los no futuro”, complementou o museu.

O projeto #AccademiaAperta irá disponibilizar oficinas por vídeos para todas as crianças e famílias. Cada produção visual será guiada por especialistas de diversas áreas. Entre eles, arquitetos, professores, artistas, cientistas, diretores de filmes e músicos.   

Fundação Prada
A Fundação Prada fica em Milão, na Itália

 

Fundação Prada
Por lá, uma mostra com louças de porcelana chinesa ocupa um dos salões

 

fundação prada
Uma mostra de story telling também foi inaugurada

 

Palavras-chave irão compor uma lista intitulada como #Glossary. Cada tema será postado em ordem alfabética e irá instigar o visitante a explorar os arquivos do museu e entender mais sobre a história e a identidade da Fundação Prada, tudo sem sair de casa. Para auxiliar nas informações, uma galeria com fotos é incluída em cada publicação. 

View this post on Instagram

#Glossary critically explores @fondazioneprada’s archive⠀ ⠀ #AMBIVALENCE⠀ An attempt to describe the double sidedness which is at the heart of beauty. The term “ambivalence” brings together three projects able to challenge a conventional idea by facing its opposite. ⠀ ⠀ 1/3 Carsten Höller | The Double Club | London, 2009, Miami 2016⠀ ⠀ “I’m interested in creating a moment of confusion, something you cannot grasp as one.” Carsten Höller ⠀ ⠀ The original “Double Club” was presented in London in 2009 in a Victorian warehouse. Its three spaces—a bar, a restaurant and a disco— were equally divided into Western and Congolese parts, iconically represented by musical, culinary, and aesthetic details. As underlined by Sam Thorne in @bidounmagazine, “cheerfully ignoring the formula for culinary fusion that became popular in restaurants a few years back, Höller’s hope is, presumably, that division will engender dialogue”. Open for just 8 months the legendary club soon become a point of reference for the nigh and art community. (pictures 4/8) – “The Prada Double Club Miami”, was realized by Carsten Höller in 2017 for 3 nights during Miami Art Basel. An indoor club entirely black and white and an outdoor hyper-polychromatic tropical garden: two different spaces offer visually and acoustically opposed experiences, with no concession to fusion. Live music acts and DJs such as @blackmadonnachi, @jackmaster, and @armannafeei were showcased in one space, whereas the garden hosts a range of Caribbean and South American diasporas from Miami. (Cover+pictures 1/3)

A post shared by Fondazione Prada (@fondazioneprada) on

O #InnerViews explora as três últimas exposições lançadas nas galerias do prédio, além das obras de arte, entrevistas e vídeos, que mostram mais detalhes. Com o intuito de ir além do edifício de 60 m da instituição, o #OuterViews mostra outras exposições com obras do acervo da Collezione Prada.

Para reinventar as formas convencionais que o público se relaciona com a cultura, a iniciativa também inclui o projeto de podcast #Readings. E tem mais: trechos de livros publicados pela fundação desde 2012 serão veiculados em italiano pelo site da instituição. Os projetos cinematográficos, por sua vez, darão lugar ao #PerfectFailures, formato no qual os filmes recebem curadoria em streaming. A novidade tem data oficial para chegar ao mercado: 5 de abril. 

 

Colaborou Sabrina Pessoa

Últimas notícias