Dragão Fashion Brasil 2019 começou! Veja os desfiles do primeiro dia

Com veteranas como Água de Coco, Almerinda Maria e Gisela Franck na programação, estudante de 20 anos rouba a cena na abertura do evento

Nicolas GondimNicolas Gondim

atualizado 16/05/2019 18:56

O primeiro dia da 20ª edição do Dragão Fashion Brasil foi marcado pela presença de grandes veteranos da moda cearense, mas foi um estreante que roubou a cena na abertura da maior semana de moda autoral da América Latina.

Em meio aos calçados premium da Homem do Sapato, às rendas impecáveis de Almerinda Maria e à respeitável trajetória da Água de Coco na moda praia brasileira, o handmade de Vitor Cunha, de apenas 20 anos, se destacou, trazendo frescor e reinvenção às passarelas do evento.

Vem comigo saber como o DFB 2019 começou!

Na coletiva de imprensa que abriu a 20ª edição do Dragão Fashion Brasil, o idealizador da semana de moda, Claudio Silveira, enfatizou a importância do incentivo que o governo do Ceará dá à moda local, comparando o crescimento de seu projeto às dificuldades enfrentadas pelas fashion weeks do eixo Rio–São Paulo.

Realmente, é possível ver, por meio da iniciativa nordestina, a diferença que os investimentos públicos podem fazer na indústria têxtil. Enquanto as semanas de moda do Sudeste suam a camisa para se manter, o DFB chega a 2019 com sua maior estrutura e uma programação que contempla todas as esferas do segmento.

Roberta Braga e Chico Gomes
Vitor Cunha foi o destaque do primeiro dia do DFB 2019

 

Roberta Braga e Chico Gomes
Estilista deu brasilidade às tendências internacionais, como as minibolsas

 

Dos jovens designers às marcas nacionalmente conhecidas, o lineup desta edição prometia mostrar que a moda cearense ainda tem muito a oferecer ao mercado brasileiro, mas logo no primeiro dia a tal missão já foi cumprida com louvor. Confira!

Parko
Estreando na semana de moda, a Parko entregou um beachwear contemporâneo, atrelado às tendências do street style e do sportwear. Com casting diverso, a marca levou à passarela externa, montada nas areias do Aterro da Praia de Iracema, uma coleção urbana marcada por silhuetas amplas e tecidos naturais.

Roberta Braga e Chico Gomes
Parko investiu em menswear urbano

 

Roberta Braga e Chico Gomes
Peças foram feitas em tecidos naturais

 

Roberta Braga e Chico Gomes
Casting foi diversificado

 

Roberta Braga e Chico Gomes
Macacão ganhou design diferenciado

 

Roberta Braga e Chico Gomes
Coleção é ideal para quem preza pelo conforto

 

Roberta Braga e Chico Gomes
Cartela de cores foi feita em torno de tons terrosos

 

Roberta Braga e Chico Gomes
Marca investiu em silhuetas amplas

 

Roberta Braga e Chico Gomes
Criações acompanham as tendências da moda praticada por etiquetas como Reserva e Osklen

 

Vitor Cunha
Quem vê a maturidade das composições de Vitor Cunha em sua primeira apresentação no DFB não imagina que este jovem de 20 anos ainda cursa o terceiro semestre do curso de design de moda.

Dono de uma visão vanguardista, o designer construiu um handmade livre de clichês, dando uma reinterpretação jovial e antenada às técnicas de macramê que direcionaram seu trabalho. A cartela de cores, embora não tenha relação com as recentes apostas do mercado, fez bastante sentido no compilado.

Roberta Braga e Chico Gomes
Vitor uniu streetwear ao handmade

 

Roberta Braga e Chico Gomes
Degradês de branco com azul abriram o desfile

 

Roberta Braga e Chico Gomes
Macramê foi explorado em blusas e acabamentos

 

Roberta Braga e Chico Gomes
Estilista deu nova visão sobre técnicas artesanais

 

Roberta Braga e Chico Gomes
Regata ganhou alças de macramê

 

Roberta Braga e Chico Gomes
O chapéu de palha, tendência na moda masculina, apareceu com frequência

 

Roberta Braga e Chico Gomes
Street style com muita brasilidade

 

Roberta Braga e Chico Gomes
Aluno do 3º semestre de design de moda, Vitor encerrou a apresentação com este look dramático

 

Caio Nascimento
Caio Nascimento voltou ao evento em clima de protesto, em um desfile marcado por críticas à sociedade moderna e por uma trilha sonora empoderada que empolgou a plateia. A coleção, no entanto, deixou um pouco a desejar nos acabamentos. A ideia de acrescentar palavras de ordem nas peças foi louvável, mas o efeito final teria sido melhor se o estilista tivesse usado técnicas de estamparia em vez de pintura a dedo.

Roberta Braga e Chico Gomes
Caio Nascimento fez críticas à sociedade

 

Roberta Braga e Chico Gomes
Estilista pintou palavras nas peças

 

Roberta Braga e Chico Gomes
Técnicas de estamparia teriam dado mais profissionalismo às produções

 

Roberta Braga e Chico Gomes
Combinação de mangas bufantes com saia longa

 

Roberta Braga e Chico Gomes
Mais formas amplas

 

Roberta Braga e Chico Gomes
Vestido básico ganhou “elegância”

 

Roberta Braga e Chico Gomes
Estilista pediu paz em suas criações

 

Roberta Braga e Chico Gomes
Este modelo foi ovacionado por mostrar catwalk poderoso

 

Almerinda Maria
Sempre presente no lineup da fashion week cearense, Almerinda é uma mestra das rendas. O que a artesã faz com suas renascenças e richelieus sempre tira o fôlego de quem assiste a seus desfiles. Mas neste, em especial, a sequência de looks brancos chamou atenção por unir as técnicas de handmade com as tendências em modelagem vistas nas semanas de moda europeias.

Roberta Braga e Chico Gomes
Paulinha Sampaio, embaixadora da moda do Ceará, abriu o desfile

 

Roberta Braga e Chico Gomes
Estilista é especialista em rendas

 

Roberta Braga e Chico Gomes
Ela mistura várias técnicas em uma só peça

 

Roberta Braga e Chico Gomes
Assimetria foi vista em algumas produções

 

Roberta Braga e Chico Gomes
Acabamento foi primoroso

 

Roberta Braga e Chico Gomes
Alfaiataria em renda

 

Roberta Braga e Chico Gomes
Coleção foi rica em detalhes

 

Roberta Braga e Chico Gomes
Artesã acompanhou shapes da moda europeia

 

Homem do Sapato
Já difundida na moda cearense, a Homem do Sapato fez jus ao sucesso de que desfruta entre o público masculino. A etiqueta de calçados premium começou seu show com uma série de coturnos e botas Chelsea, passou pelos mocassins e docksides, e concluiu o desfile com peças cheias de design feitas com cortes a laser e tressés de couro.

Roberta Braga e Chico Gomes
Homem do Sapato é uma marca tradicional no Ceará

 

Roberta Braga e Chico Gomes
Etiqueta trabalha com calçados masculinos

 

Roberta Braga e Chico Gomes
Botas Chelsea tiveram destaque no show

 

Roberta Braga e Chico Gomes
Desfile foi aberto com sequência de coturnos

 

Roberta Braga e Chico Gomes
O acabamento de muitas peças foi feito em verniz

 

Roberta Braga e Chico Gomes
Couro animal neste dockside

 

Roberta Braga e Chico Gomes
Tênis ganhou design descomplicado

 

Roberta Braga e Chico Gomes
Sapatos feitos em tressé de couro fecharam a apresentação

 

Gisela Franck
Com uma apresentação lúdica, Gisela transportou sua audiência para uma floresta, com folhas secas na passarela e sons da natureza na trilha. Com uma certa monotonia, a designer apostou em coleção toda feita em linho cru, sem muitas variações de cor. Na silhueta, peças desprendidas do corpo, mangas amplas e acabamentos com flores.

Roberta Braga e Chico Gomes
Gisela Franck transformou passarela em uma floresta

 

Roberta Braga e Chico Gomes
Estilista brincou com mood “camponesa moderna”

 

Roberta Braga e Chico Gomes
Flores foram usadas nos acabamentos

 

Roberta Braga e Chico Gomes
Trabalho foi todo feito em linho cru

 

Roberta Braga e Chico Gomes
Modelos andavam de forma descontraída, interagindo e dando pivôs

 

Roberta Braga e Chico Gomes
Apresentação foi bem lúdica, com sons da natureza na trilha

 

Roberta Braga e Chico Gomes
Ar provençal foi visto em vários looks

 

Roberta Braga e Chico Gomes
Peças foram marcadas pela fluidez

 

Água de Coco
A Água de Coco, por Liana Thomaz, lançou seu olhar sobre a cultura e a arte nordestina, retratando os primeiros vestígios da expressão artística da região, bem como sua flora. A xilogravura e os cactos surgiram nas estampas, enquanto, na cartela de cores, os destaques foram o vermelho-ferrugem e roxo-berinjela. Entre os shapes, muitos babados e assimetria.

Roberta Braga e Chico Gomes
Água de Coco homenageou a cultura nordestina

 

Roberta Braga e Chico Gomes
Babados foram bastante utilizados

 

Roberta Braga e Chico Gomes
Berinjela foi um dos tons mais vistos

 

Roberta Braga e Chico Gomes
Estampa de xilogravura nesta saia assimétrica

 

Roberta Braga e Chico Gomes
Mais xilogravuras, agora neste vestido

 

Roberta Braga e Chico Gomes
Biquíni de lurex

 

Roberta Braga e Chico Gomes
Trabalho trouxe mangas removíveis

 

Roberta Braga e Chico Gomes
Mais assimetria

 

Colaborou Danillo Costa

SOBRE O AUTOR
Ilca Maria Estevão

Bacharel em psicologia pela Universidade Georgetown, em Washington D.C. (EUA). É apaixonada por moda e acompanha toda movimentação no universo fashion.

Últimas notícias