Alta-Costura: Bouchra Jarrar retorna e estreantes prometem

A semana de moda do setor mais luxuoso da moda, com a temporada de primavera/verão 2020, acontecerá de 20 a 23 de janeiro em Paris

atualizado 23/12/2019 14:24

François Durand/Getty Images

Mais uma temporada de alta-costura se aproxima. De 20 a 23 de janeiro, Paris receberá as novidades de primavera/verão 2020 no mais alto nível de sofisticação e exclusividade. Afinal, trata-se do setor fashion mais luxuoso. Uma das novidades da semana de moda será a volta da marca homônima da estilista Bouchra Jarrar, que estava afastada do megavento. As estreantes Rahul Mishra, Imane Ayissi e Julie de Libran também prometem.

Vem comigo!

 

Em março de 2016, Bouchra Jarrar foi anunciada como a nova diretora criativa das linhas femininas da Lanvin, sucedendo Alber Elbaz. Foi quando a designer francesa encerrou as atividades da própria marca. Ela ficou na grife por cerca de 15 meses e entregou duas coleções marcantes.

Agora, de volta à etiqueta homônima, a estilista também retorna com todo gás à Semana de Alta-Costura. A apresentação será em 22 de janeiro, de acordo com o cronograma provisório.

Peter White/Getty Images
O último desfile de alta-costura da Bouchra Jarrar foi em 2016

 

Peter White/Getty Images
A estilista francesa encerrou as atividades da label homônima para trabalhar na Lanvin. Agora, está de volta

 

Bouchra trabalhou aproximadamente 15 anos nos bastidores de grifes renomadas. Na maison Jean Paul Gaultier, por exemplo, atuou no departamento de joias.

A ligação com a high couture começou na label Christian Lacroix. Também foi diretora de estúdio da Balenciaga.

A designer abriu o próprio negócio em 2009. Ficou conhecida por criações disruptivas – que unem elegância e ousadia.

Assimetria, pegada punk, oversized e elementos desconstruídos se fundem ao mood clássico no DNA de Bouchra Jarrar. A francesa ganhou a denominação oficial de alta-costura em dezembro de 2013.

Catwalking/Getty Images
Bouchra Jarrar tem uma carreira extensa e bem-sucedida. Aqui, um look do outono/inverno 2015

 

Kristy Sparow/Getty Images
A estilista ficou conhecida por criações autênticas e disruptivas. Esta foto foi no spring/summer 2015

 

Kristy Sparow/Getty Images
A expectativa para o retorno de Bouchra Jarrar à Semana de Alta-Costura, na primavera/verão 2020, é alta

 

O spring/summer 2020 do setor mais prestigiado da moda também terá estreias de membros convidados. Conhecida pelo pilar sustentável, Julie de Libran costuma investir em vestidos que mesclam fluidez e delicadeza, com direto a uma dose romântica. A casa deve se apresentar em 22 de janeiro.

Para o dia seguinte, estão previstos os desfiles do designer indiano Rahul Mishra e de Imane Ayassi, de Camarões. Com cortes impecáveis, Mishra imprime traços de sua cultura com exuberância e texturas variadas. Já Ayassi aposta em uma moda festa que leva um toque casual, além da alfaiataria moderna.

Divulgação/Julie de Libran
Julie de Libran tem no vestido a peça-chave de sua grife

 

Thierry Chesnot/Getty Images
As texturas são o forte de Rahul Mishra

 

Divulgação/Imane Ayissi
Imane Ayissi leva um toque casual para as criações, sem perder o ar rebuscado

 

Vale destacar que não é qualquer marca ou coleção que está apta a receber o título de alta-costura. Ao longo do ano, acontecem duas semanas voltadas a esse segmento – as programações estão entre as principais do circuito fashion mundial, em janeiro e julho. Esse é um dos diversos critérios do setor, estabelecidos pela Câmara Sindical da Alta-Costura.

As peças de haute couture exigem alto rigor técnico e são feitas à mão, sob medida, e somente em Paris. Geralmente, são vestidos, casacos ou itens de alfaiataria, usados em eventos de gala e tapetes vermelhos de premiações.

Além das novidades, o calendário de primavera/verão 2020 terá shows que já são figurinhas carimbadas, sempre muito aguardados. Na lista, estão Chanel, Dior, Elie Saab, Giambbatista Valli, Alexandre Vauthier, Givenchy e Schiaparelli.

 

Colaborou Rebeca Ligabue

Últimas notícias