Frejat desiste de candidatura: “Digo ao povo que não fico”

O ex-secretário de Saúde telefonou para todos os integrantes dos partidos que compõem sua coalizão e comunicou a desistência

Filipe Cardoso/Especial para o MetrópolesFilipe Cardoso/Especial para o Metrópoles

atualizado 17/07/2018 14:41

O ex-secretário de Saúde Jofran Frejat (PR) revelou à coluna que comunicou nesta manhã de terça-feira (17/7) ao presidente nacional do partido, Valdemar Costa Neto, sua decisão de desistir definitivamente da pré-candidatura ao Governo do Distrito Federal (GDF).

“Não sou Dom Pedro. Diante de tudo o que encontrei, digo ao povo que não fico. Não estou disposto a concorrer ao Governo nestas condições”, afirmou Frejat.

O médico disse que Valdemar ainda tentou argumentar e demovê-lo da ideia de desistência, mas a investida não surtiu efeito. “As pressões são muito grandes. Se não tenho condição de tomar as decisões sobre minha própria candidatura, não há sentido em continuar”, alegou.

Frejat telefonou para todos os integrantes dos partidos que compõem sua coalizão e comunicou a decisão. Ele está, neste momento, reunido com Rogério Rosso, presidente do PSD no DF e deputado federal.

Rosso se coloca como uma alternativa a Frejat na corrida ao Buriti.

SOBRE O AUTOR
Lilian Tahan

Dirige desde setembro de 2015 o site de notícias Metrópoles. É formada em comunicação social pela Universidade de Brasília (UnB), com especialização em jornalismo digital e gestão de empresa de comunicação pela ISE Business School, instituição vinculada à Universidade de Navarra, na Espanha. Antes do Metrópoles, trabalhou por 12 anos no Correio Braziliense e dois anos na revista Veja Brasília. Ao longo da carreira, conquistou prestigiados prêmios de jornalismo, como Esso, Embratel, CNT, CNI, AMB, MPT, Engenho.

Últimas notícias