Ex-distrital Alírio Neto será o novo diretor-geral do Detran-DF

Ele assume no lugar de Fabrício Moura, exonerado nesta quinta, após denúncias de irregularidades em contrato milionário do órgão

Igo Estrela / Metrópoles

atualizado 09/05/2019 19:54

O ex-deputado distrital Alírio Neto será o novo diretor-geral do Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF). Ele assume no lugar de Fabrício Moura, exonerado nesta quinta-feira (09/05/2019), após denúncias de irregularidades em contrato milionário para troca e manutenção de semáforos.

Alírio Neto foi candidato a vice-governador na chapa de Eliana Pedrosa (Pros). No segundo turno, anunciou apoio ao atual governador do DF, Ibaneis Rocha (MDB).

Explicações
O Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) cobrou explicações do Detran-DF sobre a licitação milionária para a troca de semáforos. A Promotoria de Justiça de Defesa do Patrimônio Público e Social (Prodep) instaurou um inquérito civil para apurar possíveis irregularidades no contrato emergencial, firmado com a empresa Sitran.

Os problemas que envolvem o contrato começaram em 2018, ainda na gestão de Rodrigo Rollemberg (PSB). O edital de licitação elaborado pela equipe do ex-governador foi aprovado pelo Tribunal de Contas do Distrito Federal (TCDF), ao custo de R$ 7 milhões.

O último contrato vigente venceu no dia 30 de janeiro deste ano, e em março foi celebrado um acordo de forma emergencial com a empresa Sitran, com um valor cerca de 15 vezes maior do que a previsão inicial.

Últimas notícias