Covid-19: com 19 novas internações, taxa de ocupação de UTIs no DF é de 43%

De acordo com dados atualizados pelo GDF, 141 das 322 unidades reservadas estão sendo utilizadas por pacientes com o novo coronavírus

atualizado 28/05/2020 7:20

A taxa de ocupação dos leitos de unidade de terapia intensiva (UTIs) da rede pública de saúde reservados para pacientes infectados pelo novo coronavírus subiu e atingiu a marca de 43,79% nesta quarta-feira (27/05).

De acordo com os dados atualizados pelo Governo do Distrito Federal (GDF) às 19h25, 141 das 322 unidades estão sendo utilizadas por pessoas acometidas pela Covid-19 que precisam do suporte intensivo com ventilação mecânica.

A quantidade de leitos de UTI ocupados subiu de 122 para 141, considerando os números divulgados na última terça-feira (26/05). Ou seja, 19 pacientes precisaram ser transferidos para unidades de tratamento intensivo nas últimas 24 horas.

A unidade médica com o maior número de leitos é o Hospital Regional de Santa Maria (HRSM), com 90, sendo que 59 estão ocupados. No Hospital de Base de Brasília, nenhuma das 65 unidades de terapia intensiva (UTIs) reservadas para pacientes de Covid-19 estão ocupadas.

0

O Distrito Federal bateu, nesta quarta-feira (27/05), o recorde de registros de casos do novo coronavírus. Foram notificadas 551 infecções, o maior número desde o início da pandemia da Covid-19.

Até o momento, foram diagnosticados 7.761 casos do novo coronavírus. Sendo que 4.210 pessoas se recuperaram da Covid-19 e 123 moradores da capital do país morreram.

Considerando o número de pacientes que residiam em cidades goianas do Entorno e estavam em tratamento na rede de Saúde do DF, a quantidade de óbitos sobe para 133.

Últimas notícias