Coronavírus provoca morte de homem de 38 anos e DF registra 49 óbitos

Vítima morava em Samambaia e tinha insuficiência renal. Falecimento ocorreu no Hospital Regional de Ceilândia (HRC)

Hospital Regional de CeilândiaRafaela Felicciano/Metrópoles

atualizado 14/05/2020 17:23

O Distrito Federal registrou mais uma morte em decorrência do novo coronavírus na tarde desta quinta-feira (14/05). De acordo com a Secretaria de Saúde, trata-se de um homem de 38 anos, morador de Samambaia.

O paciente foi internado no Hospital Regional de Ceilândia (HRC) na terça-feira (12/05) e faleceu na quarta-feira (13/05). Ele tinha insuficiência renal, condição considerada como comorbidade.

Com o registro, o número de óbitos provocados pela Covid-19 no DF chega a 49. No painel da Secretaria de Saúde, constam 50. Entretanto, de acordo com o Boletim Cieves, uma dessas ocorrências pertence ao estado de Goiás – a vítima residia no Novo Gama, no Entorno, mas foi atendida e faleceu em hospital do DF.

0

Também nesta quinta-feira (14/05), a morte do vendedor Ivan Pereira dos Santos, de 45 anos, entrou para a estatística de óbitos decorrentes do novo coronavírus no DF. Morador de Taguatinga, ele estava internado no Hospital de Santa Marta. O falecimento ocorreu na terça-feira (12/05), mas o registro oficial do caso só se deu na manhã desta quinta.

De acordo com familiares, Ivan teria sido infectado na loja em que trabalhava, um comércio de autopeças em Taguatinga. Ele tinha diabetes tipo 2 e hipertensão. “Ele foi direto para a UTI. Infelizmente, por conta das comorbidades, foi tudo muito rápido. O pulmão foi comprometido e ele não resistiu”, contou Flávia Rufino, sobrinha do vendedor.

Na quarta-feira (13/05), foram registradas duas mortes em decorrência da Covid-19: de uma moradora do Guará de 92 anos e de um homem de 72 anos que residia em Ceilândia.

Últimas notícias