Picada de cobra em cães: o que fazer e como agir?

A picada de cobra pode ser muito perigosa, logo, alguns cuidados podem ser essenciais para salvar a vida do animal

Filhote de cachorro marromReprodução/FreePik

atualizado 17/03/2020 22:35

A picada de cobra em cachorro pode ser muito perigosa e, em alguns casos, pode causar a morte do animal: depende muito da capacidade de reconhecer o tipo de réptil imediatamente e de agir rapidamente com as primeiras técnicas corretas.

No caso de uma picada de cobra em cachorro, a primeira coisa a fazer é entender se a bicho é venenoso ou não. Então, depois de entendermos com que tipo de mordida estamos lidando, podemos seguir em frente para identificar os sintomas e aplicar a terapia mais adequada.

Primeiro de tudo, as cobras não são todas iguais. Não somos especialistas, mas, ao fazer algumas pesquisas, podemos dizer que as únicas venenosas são as víboras. Existem dois tipos de cobras que podem morder nosso cão quando estamos ao ar livre:

Cobras: são reconhecidas por serem muito longas, terem pupilas redondas, dentes pequenos e escamas vistosas na cabeça. Geralmente são animais diurnos. A picada de cobra não é venenosa, mas ainda pode ter sérias consequências para o cão.

Víboras: com pequenas escamas na cabeça e pupilas alongadas, são menores que as cobras e, frequentemente, saem à noite. As víboras são venenosas, portanto sua picada é potencialmente muito perigosa para os cães.

Leia a matéria completa no Portal do Dog.

Últimas notícias