Confira sete dicas para cuidar da falta de ar em cães

O problema é grave e pode acometer cachorros adultos ou filhotes

Susanne Pälmer/Pixabay

atualizado 15/02/2020 14:43

A falta de ar em cães é algo raro de acontecer, mas precisa ser observado logo e o tratamento precisa ser rápido. O problema é grave e pode acometer cachorros adultos ou filhotes e pode, inclusive, levar o cão a óbito. Por isso, prestar atenção nos sinais e nas possíveis complicações é de extrema importância.

Mas o tutor deve ficar tranquilo, pois existem alguns cuidados muito simples que podem ajudar a evitar e tratar o problema nos cães. Confira:

1- Deixe as vacinas em dia

As vacinas são as fontes mais seguras de prevenção. É através delas que você evitará uma série de doenças, contaminações ou problemas futuros para o cachorro. Por isso, mantenha a caderneta de vacina do animal em dia. Busque entender sobre a importância de cada vacina e, desta forma, você garantirá uma vida mais saudável para o cão.

2- Não os deixe sair na chuva e/ou no frio

A falta de ar em cães, como citado, também pode ocorrer devido a uma forte gripe. E esta gripe pode ser contraída caso o cão ande na chuva ou no frio de forma regular. Por isso, mantenha uma constância nas atividades externas em momentos de sol, evitando a exposição a temperaturas mais baixas e perigosas para a saúde do animal.

3- Faça consultas regulares no veterinário

Esta é clichê, mas é de suma importância. Visite o veterinário com regularidade para ter um prontuário completo do cachorro. A partir de dados coletados, você poderá ter tratamentos muito mais rápidos e efetivos. Proporcione mais saúde ao seu cão desta maneira.

Leia a matéria completa no Portal do Dog.

Últimas notícias