*
 
 

Pela primeira vez em 95 anos de história, um casamento entre mulheres aconteceu nos salões nobres do Hotel Belmond Copacabana Palace. A economista Priscila Raab e a farmacêutica Roberta Gradel uniram-se em uma cerimônia judaica testemunhada por 200 convidados.

Segundo a jornalista Hildegarde Angel, elas fizeram check-in em suítes diferentes do hotel e aproveitaram, cada uma, o seu dia de noiva. O Atelier Marie Lafayette fez os dois vestidos brancos, véu, grinalda e buquê. Também contribuíram o cerimonial de Ricardo Stambowsky e a DJ Scarlet. O Copacabana Palace foi responsável pelo bufê, que contou com os clássicos doces de Fabiana D’Angelo, além de champanhe Laurent-Perrier.

Além de todas as pompas, a cerimônia também apresentou elementos da tradição judaica: rupá, quebra de copos, homens usando kipá e dança das cadeiras para as noivas. O sax de George Israel animou os convidados – entre eles, a modelo Danielle Sarahyba e o marido, Wolff Klabin, além de Flávia Sampaio, esposa de Eike Batista.



 


casamentoCopacabana PalaceLésbicas