Operação combate uso de selos falsificados nos Correios

A empresa, que teve um prejuízo calculado em R$ 2 milhões, colabora com as investigações

Vinícius Santa Rosa/MetrópolesVinícius Santa Rosa/Metrópoles

atualizado 02/12/2019 18:39

Uma operação da Polícia Federal, que foi às ruas nesta segunda-feira (02/12/2019), para combater o uso de selos falsificados para envio de objetos postais em agências franqueadas.

Nas contas da corporação, que conta com a colaboração da empresa estatal, o prejuízo passa dos R$ 2 milhões. Nos últimos 30 dias, mais de 40.000 itens, entre mensagens e encomendas, foram retidos durante a investigação.

Os mandados de busca e apreensão, com autorização judicial, foram cumpridos nas unidades terceirizadas no Paranoá, Asa Norte (Ed. Brasília Rádio Center) e Conic (Setor de Diversões Sul), todas em Brasília/DF.

“A companhia permanecerá contribuindo com as investigações para a apuração dos fatos. Os Correios reafirmam o seu compromisso com a ética, integridade e a transparência”, destacam os Correios, em nota.

SOBRE O AUTOR
Guilherme Waltenberg

Formado pela Universidade Estadual Paulista (Unesp), tem especialização em jornalismo digital e gestão de empresa de comunicação pela ISE Business School, instituição vinculada à Universidade de Navarra, na Espanha, onde fez intercâmbio. Foi pesquisador convidado da Columbia University, em Nova York. Trabalhou no Correio Braziliense, Jornal da Tarde, Estadão, entre outros veículos de notícias. Dirigiu o portal regional O Livre, parceiro do Metrópoles.

Últimas notícias