Olímpio comenta fala de Bolsonaro sobre PSL: “Estou perplexo”

O líder do partido no Senado não acredita que o presidente da República vá deixar a sigla, mas que "só ele pode esclarecer o assunto"

Divulgação/PSLDivulgação/PSL

atualizado 08/10/2019 16:00

O líder do PSL no Senado Federal, Major Olímpio (SP), se disse “perplexo” com as declarações do presidente da República, Jair Bolsonaro, sobre o partido. O senador afirmou que não entendeu a postura do mandatário do Planalto, porque “todos os pedidos dele são atendidos pela direção” da sigla.

“O PSL é o partido do presidente, é o único partido que é 100% fiel a ele em todas as votações. Todos os pedidos são atendidos pela direção do partido, eu estou perplexo”, declarou.

Na manhã desta terça-feira (08/10/2019), Bolsonaro disse a um homem que se apresentou como pré-candidato pelo partido no Recife para esquecer. Frisou ainda que o dirigente nacional da legenda, Luciano Bivar (PE), está “queimado para caramba”. ” Esquece o PSL. Tá ok? Esquece”, ressaltou.

Olímpio contou que chegou a procurar Bivar para uma conversa, mas salientou que só o presidente pode esclarecer tal manifestação. Questionado se o chefe do Executivo federal poderia deixar a sigla, o parlamentar enfatizou que “desconhece a possibilidade”.

“Não dá para entender, ele é nosso líder maior. É como se alguém morasse sozinho e saísse de casa. O PSL cresceu no entorno dele. Temos uma bancada robusta por causa do presidente Jair Bolsonaro. É mais fácil resolver o desacordo do que ele sair.”

SOBRE O AUTOR
Gabriela Vinhal

Formada em jornalismo pela Universidade Católica de Brasília (UCB) em 2013. Trabalhou no Jornal de Brasília e no Correio Braziliense, onde publicou reportagens sobre direitos humanos, nas editorias de Esporte, Política e Brasil para o impresso. Cobriu as eleições de 2018 e a posse presidencial. Repórter do Metrópoles desde maio de 2019.

Últimas notícias