“Tem que levar paulada”, diz Xuxa sobre homem que agrediu advogada

A rainha dos baixinhos e outras celebridades se manifestaram a respeito das agressões de Victor Augusto a Luciana Sinzimbra

atualizado 28/12/2018 12:13

Divulgação

A advogada Luciana Sinzimbra foi agredida brutalmente pelo namorado Victor Augusto do Amaral Junqueira, na madrugada de 15 de dezembro. As imagens da agressão viralizaram e revoltaram os internautas, entre eles, várias celebridades. Xuxa, inclusive, causou polêmica ao comentar em publicação de Bruna Marquezine sobre o assunto.

Ao ver a atriz levantando a bandeira do “Mexeu com uma, mexeu com todas” em post no Instagram, a loira disse desacreditar na justiça brasileira. “Pior que vai ser mais um a não dar em nada… Deveria ser como em outros países. Bateu em mulheres, teria que levar paulada delas e gravar para colocar para todo mundo ver”, escreveu a apresentadora.

Seguidores de Bruna questionaram Xuxa com o argumento de que violência não deve ser combatida com violência. A loira, no entanto, defendeu sua linha de pensamento. “Se fosse sua filha você não falaria assim”, respondeu.

0

 

Mexeu com uma, mexeu com todas
Não foram só Xuxa e Bruna Marquezine que se revoltaram com o caso de Luciana Sinzimbra. Maria Ribeiro, Alice Wegmann, Alinne Moraes, Paula Lavigne, Samantha Schmutz, Juliana Alves, Letícia Almeida, Maria Casadevall, Marina Moschen, Bruna Marquezine, Thaila Ayala, Rafaela Mandelli, Maira Charken, e o influenciador Hugo Gloss se uniram nas redes para protestarem contra a violência de Victor Augusto.

As celebridades publicaram uma foto de Victor com o título de uma notícia sobre a agressão. “Se não fosse por essa prova, muitos duvidariam da palavra dela”, diz o texto compartilhado pelas famosas.

Veja as publicações:

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

#Repost @xota.power NOS LEVANTAMOS POR LUCIANA! Nos últimos dias o vídeo em que Luciana Sinzimbra, 26, era violentada física e psicologicamente por Victor Junqueira, 24, viralizou. Víctor é piloto, filho de um ex-prefeito de Anápolis e se não fosse essa prova, muitos duvidariam da palavra dela. Infelizmente esse vídeo retrata a realidade diária de varias brasileiras, nessa sociedade onde o machismo e a misoginia são tratados como invenção e vitimização. Estamos juntas de Luciana por sua força em denunciar! Estamos juntas por esse caminho, admiramos sua força. No Brasil, uma mulher apanha em média 7 vezes antes de denunciar. Por isso, cada uma de nós que se levanta, nos inspira a lutar cada vez mais. Reforçamos também seu pedido para que não veiculem o vídeo onde ela é atacada por Víctor. Respeitemos umas às outras e não vamos soltar a mão de ninguém! E, a exemplo de Luciana, pedimos a nossas manas: DENUNCIEM! Usem o 180, liguem e denunciem. Se ele te bate, ele não te ama! #MexeuComUmaMexeuComTodas #Ligue180 #Denuncie #PeloFimDaViolenciaContraMulher #XotaPower Foto: Jornal O Dia

Uma publicação compartilhada por Bruna Marquezine ♡ (@brumarquezine) em

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

#Repost @xota.power NOS LEVANTAMOS POR LUCIANA! Nos últimos dias o vídeo em que Luciana Sinzimbra, 26, era violentada física e psicologicamente por Victor Junqueira, 24, viralizou. Víctor é piloto, filho de um ex-prefeito de Anápolis e se não fosse essa prova, muitos duvidariam da palavra dela. Infelizmente esse vídeo retrata a realidade diária de varias brasileiras, nessa sociedade onde o machismo e a misoginia são tratados como invenção e vitimização. Estamos juntas de Luciana por sua força em denunciar! Estamos juntas por esse caminho, admiramos sua força. No Brasil, uma mulher apanha em média 7 vezes antes de denunciar. Por isso, cada uma de nós que se levanta, nos inspira a lutar cada vez mais. Reforçamos também seu pedido para que não veiculem o vídeo onde ela é atacada por Víctor. Respeitemos umas às outras e não vamos soltar a mão de ninguém! E, a exemplo de Luciana, pedimos a nossas manas: DENUNCIEM! Usem o 180, liguem e denunciem. Se ele te bate, ele não te ama! #MexeuComUmaMexeuComTodas #Ligue180 #Denuncie #PeloFimDaViolenciaContraMulher #XotaPower Foto: Jornal O Dia

Uma publicação compartilhada por Maria Ribeiro (@mariaaribeiro) em

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

NOS LEVANTAMOS POR LUCIANA! Nos últimos dias, o vídeo em que Luciana Sinzimbra, 26, era violentada física e psicologicamente por Victor Junqueira, 24, viralizou. Víctor é piloto, filho de um ex-prefeito de Anápolis e se não fosse essa prova, muitos duvidariam da palavra dela. Infelizmente, esse vídeo retrata a realidade diária de varias brasileiras, nessa sociedade onde o machismo e a misoginia são tratados como invenção e vitimização. Estamos juntos de Luciana por sua força em denunciar! Estamos juntos por esse caminho, admiramos sua força. No Brasil, uma mulher apanha em média 7 vezes antes de denunciar. Por isso, cada uma que se levanta, nos inspira a lutar cada vez mais. Reforçamos também seu pedido para que não veiculem o vídeo em que ela é atacada por Víctor. Respeitem umas às outras e não soltem a mão de ninguém! E, a exemplo de Luciana, pedimos a nossas manas: DENUNCIEM! Usem o 180, liguem e denunciem. Se ele te bate, ele não te ama! #MexeuComUmaMexeuComTodas #Ligue180 #Denuncie #PeloFimDaViolenciaContraMulher #XotaPower Foto: Jornal O Dia Texto: @xota.power

Uma publicação compartilhada por Hugo Gloss (@hugogloss) em

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

até quando isso? ??#Repost @xota.power NOS LEVANTAMOS POR LUCIANA! Nos últimos dias o vídeo em que Luciana Sinzimbra, 26, era violentada física e psicologicamente por Victor Junqueira, 24, viralizou. Víctor é piloto, filho de um ex-prefeito de Anápolis e se não fosse essa prova, muitos duvidariam da palavra dela. Infelizmente esse vídeo retrata a realidade diária de varias brasileiras, nessa sociedade onde o machismo e a misoginia são tratados como invenção e vitimização. Estamos juntas de Luciana por sua força em denunciar! Estamos juntas por esse caminho, admiramos sua força. No Brasil, uma mulher apanha em média 7 vezes antes de denunciar. Por isso, cada uma de nós que se levanta, nos inspira a lutar cada vez mais. Reforçamos também seu pedido para que não veiculem o vídeo onde ela é atacada por Víctor. Respeitemos umas às outras e não vamos soltar a mão de ninguém! E, a exemplo de Luciana, pedimos a nossas manas: DENUNCIEM! Usem o 180, liguem e denunciem. Se ele te bate, ele não te ama! #MexeuComUmaMexeuComTodas #Ligue180 #Denuncie #PeloFimDaViolenciaContraMulher #XotaPower Foto: Jornal O Dia

Uma publicação compartilhada por leticia almeida (@leticia) em

Últimas notícias