Jonathan Van Ness, do Queer Eye, revela que convive com o vírus do HIV

Essas e outras questões são contadas no livro Over the Top: A Raw Journey to Self-Love

Instagram/ReproduçãoInstagram/Reprodução

atualizado 21/09/2019 19:59

Jonathan Van Ness, um dos apresentadores do Queer Eye, da Netflix, revelou ser HIV positivo. Em entrevista ao The New York Times, para divulgar seu livro Over the Top: A Raw Journey to Self-Love, ele falou sobre o tema e outros traumas.

Ness contou que teve um passado marcado pelo uso de drogas e relatou ter sido vítma de abuso sexual.

“É difícil para mim ser tão aberto quanto quero quando há coisas que não compartilhei publicamente. [Porém,] esses assuntos precisam ser discutidos”, declarou.

Ele conta ter sido abusado por um homem mais velho, que frequentava sua antiga igreja. O episódio deixou marcas no apresentador. “Para muitas pessoas, que são sobreviventes de abuso sexual, há muitos traumas complexos”, enfatizou.

Abuso de drogas

No caso de Ness, as sequelas terminaram em uso abusivo de drogas e comportamentos autodestrutivos – como encontros constantes com homens mais velhos.

Enquanto estava na faculdade, ele pagava o consumo de drogas com o dinheiro obtido em encontros sexuais. Um dia, desmaiou no salão de beleza em que trabalhava e, ao ser examinado, descobriu ser portador do vírus HIV.

“Aquele dia foi devastador”, lembrou. O livro de memórias será lançado no dia 24 de setembro.

Últimas notícias