Ex de Tom Veiga vai lutar por herança do artista: “Metade é minha”

Alessandra Veiga foi casada com Tom durante 15 anos. Ela afirmou que eles tentavam uma reconciliação

atualizado 18/03/2021 18:48

Reprodução

Alessandra Veiga, ex-mulher de Tom Veiga, intérprete de Louro José, que morreu em novembro de 2020, falou sobre as críticas que vem recebendo em relação à partilha de bens do intérprete de Louro José.

De acordo com Alessandra, que mora atualmente nos Estados Unidos, os dois estavam separados, mas ensaiavam uma reconciliação. “Estávamos conversando por telefone, num relacionamento à distância”, disse Alessandra, em entrevista ao UOL. “Eu era uma nova Alessandra e ele era um novo Tom. Ele tinha passado por outras situações e eu também. E ainda não sabíamos se íamos gostar desse novo Tom e dessa nova Alessandra”, continuou.

“Chegaram a dizer que a gente ia se casar na semana seguinte [ao falecimento], mas não é verdade. Não se pode marcar um casamento sendo casado”, destacou ela, que foi casada com Tom durante 15 anos e é mãe de quatro filhos do ator.

Ela ainda desabafou sobre as críticas que tem recebido por conta da herança.  “Tudo o que tem de bem material, a metade é minha. Porque desde quando a gente se divorciou não resolveu. Não foi dividido. Nada foi dividido”, afirmou.

Tom Veiga foi encontrado morto, em novembro de 2020, em sua residência no Rio de Janeiro. Ele tinha 47 anos.  O laudo médico apontou que ele foi vítima de um Acidente Vascular Cerebral (AVC).

0

Últimas notícias