Déa Lúcia abre o jogo sobre relação com Thales Bretas e os netos

Viúvo de Paulo Gustavo, que recentemente assumiu romance com o cantor Silva, trata ex-sogra como mãe

atualizado 01/10/2022 13:44

Déa Lúcia e Thales Bretas Instagram/Reprodução

Déa Lúcia, mãe de Paulo Gustavo, abriu o jogo sobre a relação com o ex-genro, Thales Bretas. Mesmo assumindo o romance com o cantor Silva, o ex-marido do comediante ainda é tratado como integrante da família. A matriarca, inclusive, o vê como um filho.

“Ele me ajudou em tudo na minha vida. Desde que aconteceu isso [a morte de Paulo Gustavo], ele faz tudo para mim! Não posso dizer que ele comprou do meu ‘modess’ até a minha comida porque eu não menstruo mais [risos]. É uma relação muito legal como era com o Paulo Gustavo e como é com a Juliana [sua filha caçula], que agora acha que é minha mãe e zanga comigo”, brinca Déa em entrevista ao site Gshow.

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
Publicidade do parceiro Metrópoles 2
Publicidade do parceiro Metrópoles 3
Publicidade do parceiro Metrópoles 4
0

Jurada do quadro Acredite Em Quem Quiser, do Domingão com Huck, Dé se divide entre a TV e os cuidados com os netos Romeu e Gael, 3 anos. O dermatologista leva os filhos na escola e a avó os busca, ficando com eles até a hora de dormirem.

“Avó é uma coisa diferente. Não tem aquele rigor que uma mãe tem de educar. Não que eu os deixe fazer o que querem, não. Mas avó é uma coisa mais doce. Quando eu os vejo dizendo: ‘Vovó! Vovó Déa!’, parece que vou infartar! Avó é muito diferente de mãe. É bom demais!”, celebrou.

Às vésperas do nascimento dos netos, Déa viajou para San Diego (EUA) para acompanhar o final da gestação por barrigas de aluguel.

“Tomávamos conta dos dois porque o Paulo e o Thales não tinham como perder uma noite inteira. No dia seguinte tinham um monte de papelada para legalizar, para poder trazê-los para o Brasil, e eles só podiam vir com dois meses de vida […] Todas as mamadas eram eles que davam. Eles tiravam a roupa e encostavam [os bebês] no peito. Tenho muita ligação com essas crianças”, recordou.

Mais lidas
Últimas notícias