*
 

Choro e tristeza marcaram o desfile da porta-bandeira da Unidos da Vila Maria, última escola a se apresentar pelo Grupo Especial, em São Paulo, na manhã deste domingo (11/2). A saia de Laís Moreira se soltou no meio da avenida.

A equipe de apoio do primeiro casal de mestre-sala e porta-bandeira tentou prendê-la de volta, mas Laís acabou precisando improvisar com um pano amarelo em volta do short preto que trajava por baixo.

O primeiro casal é quem defende o pavilhão (a bandeira) da escola perante os jurados. Após o problema, a diretoria da Vila Maria decidiu transferir o pavilhão para o segundo casal de mestre-sala e porta-bandeira.

Na dispersão, Laís não segurou o choro. “A vontade que tive foi de sumir. A gente trabalhou o ano inteiro e, de repente, ver tudo desabando para nossa escola”, disse.

Confira a repercussão do acidente no Twitter: