Vídeo: tamanduá-mirim faz gesto de “abraço” após ser resgatado e solto

Biólogos explicam que movimento do animal representa forma de defesa em situações em que se sente ameaçado ou acuado

atualizado 17/10/2021 17:02

Bombeiros registram movimento de ‘abraço’ de tamanduá-mirim em Morrinhos, GoiásReprodução: Corpo de Bombeiros de Goiás

O Corpo de Bombeiros registrou um movimento de “abraço” de um tamanduá-mirim durante a soltura do animal após ser resgatado neste domingo (17) em Morrinhos, no sul de Goiás, a 132 quilômetros de Goiânia. Um vídeo mostra o momento em que o animal é retirado da gaiola, fica em pé e abre os braços.

A corporação informou que o tamanduá-mirim foi encontrado por um pedreiro que chamou a equipe de resgate ao vê-lo em uma casa em construção. O bicho estava quieto no canto do corredor, próximo a tábuas na obra.

Biólogos explicam que o gesto do animal representa uma forma de defesa em situações em que se sente ameaçado ou acuado.

Durante a gravação, o sargento Luiz dos Santos comentou: “Olha, que bacana!”. O colega dele que estava no local, cabo Rodolfo da Silva, registrou o movimento de defesa do animal que foi solto em uma mata afastada na cidade.

O bicho também é conhecido como tamanduá de colete e, em relação ao tamanduá bandeira, é mais dócil.

As maiores causas de mortalidade do tamanduá-mirim são atropelamento, ataque de cães e depredação do habitat. O mamífero pode ser encontrado em matas mais baixas de vários países da América do Sul, o que aumenta o risco de contato com estradas e rodovias.

Mais lidas
Últimas notícias