Vídeo: PM xinga estudante de “viadão”, dá tapa na cara e saca arma

Imagens mostram quando militar, em horário de folga, dispara fala homofóbica e agride o jovem, que registrou boletim de ocorrência

atualizado 12/08/2021 11:55

PM Goiás homofobiaReprodução

Goiânia – Um estudante de medicina, de 23 anos, foi xingado, agredido e ameaçado por um policial militar na noite de segunda-feira (9/8), no bairro Parque Acalanto, na capital goiana.

Vídeos de um celular e uma câmera de monitoramento mostram quando o militar, que estava no horário de folga, agride o jovem com um tapa e saca a arma. Em outro momento, o PM chama o estudante de “viadão”.

A vítima, que se identifica como Lucas Dourado nas redes sociais, denunciou a violência que sofreu e escreveu um texto agradecendo o apoio recebido.

“Todas as palavras me dão força, me tornam mais forte e me tiram um pouco desse abismo emocional e o medo, para lutar e combater essas atitudes homofóbicas e esse despreparo dos profissionais que têm como única obrigação proteger nossa integridade e nos deixar seguros.”

No vídeo feito por celular, é possível ouvir a voz da vítima indagando o agressor: “Está me chamando de quê?”. O policial à paisana responde: “De viadão mesmo”. Na sequência, começa a agressão, e o estudante grita para o PM sair dali.

Arma em punho

Já os vídeos da câmera de segurança mostram o policial de camiseta preta e boné laranja indo na direção da vítima e dando um tapa no seu rosto. Em seguida, o militar saca uma arma de fogo. Um homem de camiseta azul tenta conter o agressor estendendo um braço.

Em nota, a Polícia Militar de Goiás (PMGO) informou que determinou o afastamento do policial de suas funções operacionais e instaurou um procedimento administrativo disciplinar para apurar o fato.

Mais lidas
Últimas notícias