Vereador do PR diz que quem agride mulheres é “gay enrustido”

Declaração ocorreu durante a discussão de um projeto de lei que prevê formação profissional para mulheres vítimas de violência doméstica

atualizado 23/03/2022 21:49

foto de vereadores reunidos em uma reunião. todos vestem ternos pretosReprodução

O vereador Luizinho Maranhão (PSB) foi alvo de críticas após fazer uma declaração em sessão realizada na última segunda-feira (21/3), em Paranaguá, no litoral do Paraná. A fala aconteceu durante a discussão de um projeto de lei que prevê a oferta de cursos profissionalizantes para mulheres vítimas de violência doméstica.

Ao declarar apoio ao projeto, Maranhão alegou que agressores seriam “gays enrustidos”. Após a repercussão, ele pediu desculpas e disse que gostaria que a discussão não saísse da violência contra a mulher.

Saiba mais informações no portal Banda B, parceiro do Metrópoles.

Mais lidas
Últimas notícias