Veja cenas do confronto entre policiais e indígenas em Brasília

Índios protestam na Câmara dos Deputados contra o PL nº 490, de 2007, que estabelece alterações nas regras de demarcação de terra

atualizado 22/06/2021 15:37

Confronto entre indígenas e PMs deixa policial ferido com flechaIgo Estrela/ Metrópoles

Vídeos que circulam nas redes sociais mostram o intenso confronto entre policiais e um grupo indígena que manifesta contra o Projeto de Lei nº 490, de 2007, proposta do governo que libera mineração comercial e agricultura em terras demarcadas. O protesto ocorre em frente ao Anexo 2 da Câmara dos Deputados.

Presente na pauta de votação da Câmara nesta terça-feira (22/6), o texto altera as regras de demarcação de terras e regulamenta a exploração de minérios nesses territórios. Essa proposta é vista como um enorme retrocesso pelos indígenas, que têm protestado em Brasília há mais de uma semana.

Em uma das imagens registradas, indígenas tentam ajudar um colega que foi ferido, enquanto a polícia joga bombas de gás lacrimogêneo.

Veja vídeos e fotos:

0

De acordo com informações obtidas pelo Metrópoles, três agentes foram feridos – um policial legislativo e um militar, além de um profissional da área administrativa da Câmara – por flechadas. O integrante da Polícia Legislativa, Ricardo Miranda, foi levado pelo Corpo de Bombeiros do Distrito Federal para atendimento no Hospital Santa Lúcia, onde seria submetido a uma cirurgia para retirada de uma flecha alojada na perna.

O agente administrativo, atingido no tórax, também foi levado ao Santa Lúcia, e está fora de perigo.

A PMDF confirmou também ferimento no pé de um integrante da corporação. Ele foi atendido ainda na Câmara e passa bem.

“Os índios fizeram protesto em frente ao Anexo 2 da Câmara. Os seguranças do Congresso reagiram com bombas de gás. A PM foi acionada e chegou ao local pouco tempo depois. Um policial militar foi atingido por uma flechada no pé. Ele foi socorrido pelo serviço médico do Congresso. Ele passa bem. A tropa de choque está no local para evitar mais confronto. O trânsito na S2 está parcialmente bloqueado”, disse a Polícia Militar em nota enviada à reportagem.

Em meio ao conflito, a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara encerrou a sessão, nesta terça-feira, que votaria o PL nº 490, de 2007. A tese reconhece o direito à terra somente de povos que ocupavam o território até a promulgação da Constituição de 1988.

Mais lidas
Últimas notícias