Universitária é morta após se negar a dar chaves do carro em assalto

A estudante tinha se recuperado de uma leucemia recentemente e há um ano perdeu o pai também vítima de latrocínio

atualizado 11/05/2021 22:11

FabiolaReprodução

O que era para ser uma pausa para buscar uma marmita virou um momento de terror na vida dos familiares de Fabíola Andreza Veras Batista. Na manhã desta terça-feira (11/5), a universitária de 21 anos foi vítima de um latrocínio em uma marmitaria no bairro Quintino Cunha, em Fortaleza (CE).

A jovem era estudante de Enfermagem e estava com o companheiro à espera de duas quentinhas para viagem. Dois homens chegaram ao estabelecimento e anunciaram o assalto.

Na ação, a jovem teria se recusado a entregar as chaves do carro e um dos indivíduos disparou contra o pescoço dela. O companheiro de Fabíola não foi ferido.

De acordo com informações do Diário do Nordeste, a estudante tinha se recuperado de uma leucemia recentemente e há um ano perdeu o pai também vítima de latrocínio.

Após o crime, os suspeitos fugiram usando o carro da vítima. De acordo com policiais, um terceiro homem teria auxiliado na ação criminosa, ficando em um veículo fora do estabelecimento.

Equipes da Polícia Militar do Ceará (PMCE) estão realizando buscas a fim de localizar os criminosos. O carro da vítima foi recuperado por equipes da 6ª Delegacia do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) depois de diligências.

0

Últimas notícias